Assinar Edições Digitais
Leiria

Reincidente em violência doméstica ameaça matar a mulher a tiro

os militares da GNR apuraram que o suspeito havia infligido maus-tratos verbais, psicológicos, físicos

Um homem suspeito de ameaçar de morte a mulher, com recurso a uma arma de fogo, foi detido na terça-feira, dia 3, no âmbito de uma investigação sobre violência doméstica desenvolvida pela GNR de Leiria.

O indivíduo, de 41 anos, foi detido pelo crime de violência doméstica, no concelho de Leiria, pelo Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas, do Comando Territorial de Leiria da GNR.

“No âmbito de diligências de investigação que decorriam há duas semanas, os militares da GNR apuraram que o suspeito havia infligido maus-tratos verbais, psicológicos, físicos e ameaças de morte à sua companheira, de 42 anos, durante uma relação de dois anos”, explica a GNR em comunicado.

“As ameaças chegaram a acontecer com recurso a uma arma de fogo, com o objetivo de exercer um controlo total da sua vida diária”, adiantam as autoridades.

“Num dos episódios de violência, a vítima refugiou-se num café, no concelho Leiria, onde pediu ajuda e foi contactada a GNR”, disse fonte policial à Lusa.

O suspeito, com antecedentes criminais pela prática do mesmo tipo de crime, foi esta quarta-feira, dia 4, presente ao Tribunal Judicial de Leiria, que lhe determinou as medidas de coação enquanto decorre o processo.

Para já, o suspeito fica em prisão preventiva até estarem reunidas as condições para ser instalada a vigilância eletrónica na sua habitação, onde ficará obrigado a permanecer.