Assinar Edições Digitais


Ourém

Ourém: Faturas exorbitantes de água geram queixas à Be Water

Há dezenas de queixas com valores mais ou menos elevados e até casos de várias faturas referentes ao mesmo mês

4.437,45 euros é o valor da fatura que Carlos Marralha, residente na Reca, na Ribeira do Fárrio, concelho de Ourém recebeu para pagar da concessionária de água Be Water. A carta chegou na sexta-feira e logo na segunda-feira seguinte, o morador contestou o valor facturado, recusando-se a pagar, já que habitualmente a conta ronda os 22 euros. No mês passado, Carlos já havia pago 130 euros e agora pediu a correção, aguardando a devolução da verba.

Este não é um caso único e isolado. Há dezenas de queixosos com valores mais ou menos elevados e há quem se queixe de várias faturas no mesmo mês. O descontentamento está instalado desde o final do mês de setembro, quando começaram a chegar a casa das pessoas faturas que encerram um ciclo e teve por base “uma estimativa de consumos, calculada de acordo com o histórico de cada utilizador”.

A empresa já assumiu que “nas atividades de leitura têm sido detetadas algumas incorreções, na maioria dos casos com origem nos impactos de sazonalidade”. Adianta ainda, em comunicado, que as “reclamações registadas sobre este assunto foram também alvo de correção”. O Município de Ourém solicitou esclarecimentos à Be Water que adiantou que o erro “estava identificado” e “reconheceu a situação” que “está a ser regularizada”.