Assinar
Sociedade

Subida do caudal do rio Arunca obriga a corte de estrada em Almagreira

Em duas zonas da freguesia é recorrente a inundação de estradas, com a subida do caudal do rio, quando chove com intensidade.

A subida do caudal do rio Arunca obrigou hoje ao corte de uma estrada na freguesia de Almagreira, concelho de Pombal.

A inundação da estrada da rua da Ribeira, que dá acesso à localidade Reis de Baixo, foi detetada pelas 17 horas, avançou o presidente da junta de freguesia de Almagreira ao REGIÃO DE LEIRIA.

De acordo com Humberto Lopes, a situação é recorrente em duas zonas da freguesia quando há períodos de chuva muito intensos.

“Já estávamos a prever que íamos ter esta situação em duas estradas: esta, que dá acesso a Reis de Baixo, que no fundo divide as freguesias da Pelariga e da Almagreira, e noutra estrada que liga o IC2 a uma localidade chamada Lagares que também estamos a monitorizar, porque também é uma das estradas que costuma inundar”, explica o autarca.

Como alternativa, o acesso a Reis de Baixo poderá ser feito através da estrada da Aldeia dos Redondos, na freguesia de Pombal.

A junta de freguesia reportou a situação às autoridades competentes e colocou sinalização no local. Através da sua página no Facebook alertou a população.

Humberto Lopes recorda que a junta de freguesia, em conjunto com a Câmara de Pombal, procedeu recentemente à limpeza do rio e dos ribeiros que desaguam no rio Arunca e que a falta de limpeza não é, por isso, a origem do problema.

“É uma situação crónica, que acontece todos os anos com o aumento da precipitação”, reforça.

As duas estradas foram construídas em zonas baixas, que eram terrenos de cultivo, o que poderá provocar estas situações.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.