Assinar
Cantinho dos Bichos

Dar pão aos patos coloca em risco ecossistemas e saúde dos animais

Até ao final de março será colocada uma placa junto ao lago do jardim da Almoinha Grande para alertar sobre os perigos de alimentar estes animais.

Luís Amaral passa todos os dias pelo jardim da Almoinha Grande, em Leiria, e tem um carinho especial pelos patos que ali residem, não fosse ele o responsável pela construção das pequenas casas para as aves, colocadas no lago.

Cidadãos limpam o lago do parque em Leiria Foto: LA

E é por isso que descreve com tristeza e até alguma indignação a quantidade de pão que é deixada diariamente no lago do parque, como alimento para os patos, e que pode colocar em risco a saúde dos animais e o próprio ecossistema.

“Sei que a intenção é boa, as pessoas querem alimentar os patos, mas eles não precisam deste tipo de alimentos”, explica.

O leiriense recorda um domingo em que “o pão acumulado na parte nascente do lago parecia um pântano de pão” e houve, inclusive, um dia, no início deste mês, em que retirou “24 pães bolorentos, inteiros” de dentro do lago. Luís Amaral esclarece que o pão tem componentes que prejudicam a plumagem das aves e, ao acumular-se no lago, pode atrair gaivotas e até ratazanas.

A vereadora responsável pelo ambiente e saúde e proteção animal na Câmara de Leiria, Ana Esperança, corrobora a explicação do leiriense: “Alimentar os patos pode atrair roedores indesejados, levar à desnutrição dos animais devido ao baixo valor nutricional do pão, à proliferação de bactérias e algas que afetam negativamente a qualidade da água e à propagação de doenças”, refere.

Segunda a autarca, será colocada, até ao final de março, uma placa com informação sobre este tema junto ao lago. Ao REGIÃO DE LEIRIA, Luís Amaral disse que contactou responsáveis da autarquia e que sugeriu que “fizessem um placar com uma ilustração sobre o pato real”, a espécie predominante naquela zona.

Recentemente, o município colocou placas no centro da cidade, de forma a recordar a proibição de alimentar pombos e outros animais de rua. A campanha relembra o Regulamento de Serviços e Gestão dos Resíduos Urbanos, em vigor desde 2015.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Artigos relacionados

Subscreva!

Newsletters RL

Saber mais

Ao subscrever está a indicar que leu e compreendeu a nossa Política de Privacidade e Termos de uso.