Assinar


Caldas da Rainha

Covid-19: Pavilhão das Caldas da Rainha preparado para vacinar até 700 pessoas/dia

Substitui os três postos de vacinação que funcionavam no Centro de Saúde das Caldas da Rainha

Um centro de vacinação contra a covid-19 instalado no pavilhão da Mata Rainha D. Leonor vai servir os concelhos das Caldas da Rainha e de Óbidos, permitindo aumentar a administração de cerca de 150 para até 700 vacinas por dia.

O novo centro de vacinação “vai permitir acelerar o processo”, afirmou a diretora executiva do Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Oeste Norte, Ana Pisco, estimando que ali “possam ser vacinadas até 700 pessoas por dia”.

A estrutura instalada no Pavilhão da Mata Rainha D. Leonor, nas Caldas da Rainha, vem substituir os três postos de vacinação que funcionavam no Centro de Saúde das Caldas da Rainha, onde “as inoculações chegavam em média até às 150 por dia”.

O novo espaço, cedido pela Câmara das Caldas da Rainha, possibilitou a instalação de nove postos de vacinação e de uma zona de diluição das vacinas, e conta em permanência com 10 enfermeiros, dois administrativos e um médico.

Com percursos diferenciados para a entrada e saída dos utentes, o pavilhão permitiu ainda “aumentar significativamente a área de recobro”, que, segundo Ana Pisco, “no centro de saúde estava dividida por vários espaços pequenos, o que obrigava a alocar mais médicos para fazer o acompanhamento das pessoas após a vacinação”.

O pavilhão, que no início da pandemia foi temporariamente transformado em hospital de campanha, foi agora alvo de “mais algumas obras de adaptação, ao nível da substituição de vidros para a entrada de mais luz, sinalética, entre outras melhorias, num investimento de cerca de 20 mil euros”, disse o presidente da Câmara das Caldas da Rainha, Fernando Tinta Ferreira, durante uma visita efetuada ao centro de vacinação.

A par do espaço, a Câmara das Caldas da Rainha está a colaborar na cedência de “cerca de uma dezena de colaboradores a apoiar na receção, vigilância, encaminhamento das pessoas e limpeza”, adiantou o autarca.

O novo centro de vacinação entrou em funcionamento na quinta-feira e a Câmara admite que o pavilhão possa manter-se com esta função até ao final do ano.

Com o aumento do número diário de vacinações, a estimativa de Ana Pisco é que “até ao verão se possa atingir a imunidade de grupo, com 70% de pessoas vacinadas nos dois concelhos”.

De acordo com a responsável, até ao dia 31 de março, o número de pessoas vacinadas no concelho das Caldas da Rainha totalizava 5.671, das quais 3.908 pessoas com mais de 80 anos, sendo as restantes utentes de lares, elementos das forças de segurança, professores e pessoal não docente.

No concelho de Óbidos foram, até à mesma data, vacinadas 733 pessoas, das quais 384 acima dos 80 anos, e os restantes pertencentes aos grupos referidos.

“Estamos praticamente a terminar a primeira fase e contamos na terceira semana de abril iniciar a segunda fase, com a vacinação por grupo etário”, afirmou a diretora do ACES.

O ACES Oeste Norte abrange os concelhos de Alcobaça, Bombarral, Caldas da Rainha, Nazaré, Óbidos e Peniche, contando com 192 mil pessoas inscritas, das quais mais de 15 mil já foram vacinadas.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.