Assinar
Desporto

Antigo funcionário da Câmara de Óbidos sagra-se campeão de futsal na Grécia

Cláudio Rodrigues foi um dos jogadores que decidiu o jogo, marcando um dos penalties decisivos, numa partida desempatada nas grandes penalidades

É de Óbidos e é campeão na Grécia. Claúdio Rodrigues, natural de Gaeiras, Óbidos, sagrou-se campeão no campeonato grego de futsal, no passado dia 25 de abril, em Loutraki, Grécia.

O jogador de Óbidos alinha pelo ASE Doukas, clube que derrotou o AEK de Atenas. Entre 2013 e 2017 foi secretário da vereação do município de onde é natural, seguiu depois para a Comissão Europeia.

Atualmente trabalha na área de Inteligência Artificial e, há dias, teve o sangue frio necessário para marcar o penalti que garantiu o título à sua equipa, na Grécia.

Cláudio Rodrigues foi um dos jogadores que decidiu o jogo, marcando um dos penalties decisivos, numa partida desempatada nas grandes penalidades.

Com esta vitória, o ASE Doukas garantiu o acesso à pré-eliminatória da Liga dos Campeões de futsal. 

Num jogo muito disputado contra o difícil AEK de Atenas, o marcador não mexeu até ao final e o campeonato foi decidido por penaltis. A última grande penalidade do ASE Doukas foi apontada por Cláudio Rodrigues.

Dimitris Zervas, o guarda-redes da equipa do jogador de Óbidos, defendeu a penalidade seguinte, assegurando o título.

Claúdio Rodrigues nasceu a 24 de agosto de 1991, tendo, em termos desportivos, jogado no Gaeirense, onde comemorou o primeiro título na sua carreira, ao ser campeão distrital (Leiria).

“Dedico este título à minha família, aqui e em Portugal”, refere Cláudio Rodrigues, citado numa nota de imprensa do município de Óbidos.

Imagens do desempate por grandes penalidades


“Ter o total apoio naquilo que se escolhe fazer é realmente inestimável. É incrível estar longe do meu país e celebrar um grande sucesso num ano tão difícil”, acrescenta a nota da autarquia.

Aliás, Claúdio Rodrigues trabalhou na Câmara de Óbidos como secretário de apoio à vereação entre 2013 e 2017. O seu percurso profissional prosseguiu na Comissão Europeia (Bélgica), mudando-se, em 2018, para o setor privado na área de Conversational AI (Inteligência Artificial) na Grécia.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.