Assinar
Cultura

Novos Talentos FNAC premeia dois licenciados na ESAD.CR

Dois ex-alunos da Escola Superior de Artes e Design, nas Caldas da Rainha, receberam distinção dos Novos Talentos FNAC na categoria “Fotografia”

Dois ex-alunos da Escola Superior de Artes e Design (ESAD), das Caldas da Rainha, foram premiados pelo Novos Talentos FNAC, na categoria “Fotografia”, anunciou o Politécnico de Leiria em comunicado.

O trabalho “Não-Lugares” sobre temas ligados à relação do ser humano com lugares-emocionais valeu a Mónica Silva Rego, licenciada em Artes Plásticas pela ESAD.CR, o primeiro lugar na categoria “Fotografia” da 19ª edição do concurso da FNAC.

Fotografias de Mónica Silva Rego

“Não-lugares” foi classificado pelo júri – Mário Cruz, Augusto Brázio, Francisco Feio e Sérgio Gomes – como “um trabalho sobre a memória dos lugares, através da projeção de imagens de um álbum de família sobre os espaços em que essas fotografias foram originalmente captadas. É um trabalho sobre a perda, o que resta do passado e a fragilidade da memória”.

Mónica Silva Rego, 28 anos, é artista e educadora, pós-graduada em Museologia e Museografia pela Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa. Com trabalho desenvolvido desde tenra idade na área da pintura a óleo, a artista descobriu mais tarde a paixão pela fotografia e pela escultura. Desde então, tem desenvolvido projetos pessoais naquela vertente, inspirada na aldeia onde vive.

Nuno Braumann, licenciado em Som e Imagem na mesma instituição, foi por sua vez distinguido com uma menção honrosa atribuída ao conjunto de fotografias “Braga European Be[a]st Destination”, considerada pelo júri enquanto “o regresso ao espaço de uma cidade familiar e o inevitável confronto entre a memória que habita o autor e a transformação urbana, que vai criando novas relações na paisagem”.

Fotografias de Nuno Braumann

Nuno Braumann, 33 anos, é também licenciado em Arqueologia, área que tem influenciado os trabalhos de fotografia e vídeo desenvolvidos ao longo do seu percurso, com a aplicação da “ideia de registo, de documento e o conceito de estratigrafia”.

Além dos prémios monetários, Mónica Silva Rego e Nuno Braumann ganham a oportunidade de ter os trabalhos expostos nos fóruns FNAC. A vencedora do primeiro prémio receberá, ainda, acompanhamento do Instituto Português de Fotografia no desenvolvimento de um projeto fotográfico, durante um ano.

O programa Novos Talentos FNAC tem como principal objetivo “desafiar jovens talentos a dar vida às suas paixões, nas áreas da música, escrita, fotografia, cinema, ilustração e videojogos, tratando-se de uma plataforma de inclusão que cultiva a diferença, a diversidade e a mudança cultural”.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.