Assinar
Cantinho dos Bichos

Cheque Veterinário já permitiu tratar mais de 5.500 animais

O programa criado em 2017 pela Ordem dos Médicos Veterinários conta com 24 municípios associados. O Chegue Veterinário cobre cuidados de saúde como a vacinação, desparasitação e esterilização.

Prestar cuidados de saúde aos animais em risco é o objetivo do Programa Nacional de Apoio à Saúde Veterinária para Animais de Companhia em Risco. Mais conhecido como Cheque Veterinário, o programa criado pela Ordem dos Médicos Veterinários (OMV) já permitiu tratar mais de 5.500 animais em todo o país.

O Cheque Veterinário, que entrou em vigor em 2017, é emitido pelos municípios ou juntas de freguesia aderentes, que identificam os animais em risco, e pode ser utilizado em Centros de Atendimento Médico-Veterinários (CAMV) parceiros do programa.

Na região de Leiria são seis: Clivefar – Clínica Veterinária de Leiria, Clínica Veterinária dos Milagres (Leiria), Idealvet (Carriço, Pombal), Animalar Vets (Alvaiázere), Clínica Veterinária Moita do Gavião (Alcobaça) e Clínica Veterinária VetAnimal (Peniche).

A lista de concelhos associados aumentou recentemente para 24, com a entrada de quatro novos municípios – Alcochete, Albergaria-a-velha, Ferreira do Alentejo e Alenquer – o que levou a OMV a divulgar um balanço do projeto. Num comunicado, avança que, desde o início do programa, o total de fundos utilizados, destinados a cada município, é superior a 300 mil euros.

Desde o início da pandemia houve ainda mais 50 CAMV que se juntaram ao programa, totalizando 355 centros. O Cheque Veterinário cobre cuidados de saúde que vão desde “a vacinação, desparasitação e esterilização, bem como outros tratamentos”.

Para o bastonário da OMV, Jorge Cid, citado na nota de imprensa, este plano é fundamental para os municípios, permitindo atenuar o abandono animal e garantir a assistência de animais em risco, uma vez que algumas Câmaras Municipais “não possuem sequer Centros de Recolha Oficial (CRO), nem médico veterinário municipal”, acabando por ter de contratar médicos veterinários.

Jorge Cid acredita que “com a criação desta rede nacional entre os diferentes municípios e os CAMV aderentes, a OMV implementou o que pode ser considerado como um verdadeiro Sistema Nacional de Saúde Animal”.

O Cheque Veterinário é válido para animais errantes capturados pelos CRO, para colónias de gatos sob a responsabilidade da autarquia e ainda animais de famílias carenciadas identificadas pelas Câmaras Municipais.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.