Assinar
Desporto

Paralímpicos: Leiriense Odete Fiúza integra lista de atletas portugueses para Tóquio2020

Há mais dois atletas com ligações à região qualificados: Ana Sofia Costa, em boccia, e David Grachat, na natação.

A maratonista Odete Fiúza juntou-se hoje ao lote de 32 atletas que vão representar Portugal nos Jogos Paralímpicos Tóquio2020, que decorrerão entre 23 de agosto e 5 de setembro.

Na sexta-feira passada, o Comité Paralímpico de Portugal (CPP) anunciou os nomes de 30 atletas, de oito modalidades, que vão marcar presença no Japão, remetendo para mais tarde a divulgação de dois representantes do atletismo, o que aconteceu hoje.

Com a inclusão da leiriense Odete Fiúza, que somará a sua sétima participação em Jogos Paralímpicos, e da estreante Cláudia Santos, do salto em comprimento, fica fechada a lista de atletas portugueses aos Jogos Tóquio2020, que marcarão a estreia lusa em duas modalidades: badminton e canoagem.

Em relação aos Jogos Rio2016, dos quais saiu com quatro medalhas de bronze, Portugal leva menos cinco atletas, mas aumentou de sete para oito o número de modalidades nas quais estará representado, por uma comitiva que integra 16 estreantes, entre os Beatriz Monteiro, representante no badminton, que chega a Tóquio com apenas 15 anos.

Na canoagem, a outra modalidade na qual se estreia, Portugal vai estar representado por Alex Santos e Norberto Mourão, campeão europeu da sua classe.

Entre os 10 representantes no atletismo, figura Manuel Mendes, medalha de bronze no Rio2016, mas não estão Luís Gonçalves, medalhado em Pequim2008 e Rio2016, e Lenine Cunha, que subiu ao pódio em Londres2012.

No boccia, a segunda modalidade com mais medalhas, a seguir ao atletismo, há alguma renovação, mas mantém-se no grupo de 10 atletas José Macedo (BC3), que conquistou bronze no Rio2016, e parte da equipa de BC1/BC2, que também subiu ao terceiro lugar do pódio nos Jogos do Brasil. Ana Sofia Costa, atleta natural de Maceira, concelho de Leiria, integra a comitiva.

Na natação, Portugal terá cinco representantes, entre os quais David Grachat, que somará a quarta participação paralímpica. O nadador, com ligações familiares a Porto de Mós, esteve também no Rio2016 e em Londres201.

No ciclismo, Portugal terá dois representantes, que se juntam a um na equestre e um no judo.

Ao longo de 10 participações em Jogos Paralímpicos, nove das quais consecutivas, Portugal conquistou 92 medalhas em Jogos Paralímpicos, sendo o atletismo, com 53, o boccia, com 26, e a natação, com nove, as três modalidades com mais pódios.

Com Lusa

(atualização 5 de agosto de 2021, com a indicação do número correto de participações nos Jogos Olímpicos da atleta Odete Fiúza. A atleta participa pela sétima vez e não pela terceira)

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.