Assinar
Saúde

Profissionais do Centro Hospital de Leiria elegem projeto de promoção de bem-estar físico e mental

“Inspira, Expira e não Pira” foi a ideia mais votada no âmbito da terceira edição do Orçamento Partilhado da unidade hospitalar

O projeto “Inspira, Expira e não Pira”, que visa a criação de espaços de lazer nos jardins dos três hospitais do Centro Hospitalar de Leiria (CHL) para promover o bem-estar físico e mental dos profissionais, venceu a terceira edição do Orçamento Partilhado do CHL.

A ideia, apresentada pela psicóloga Joana Correia com o apoio de Cláudio Laureano, diretor do Serviço de Psiquiatria e Saúde Mental, e das enfermeiras Lídia Vieira e Ana Gouveia, conquistou 163 dos 566 votos contabilizados no final de três semanas de campanha interna.

Representantes dos nove projetos a concurso Foto: CHL

Orçada em 17.083 euros, a proposta mais votada contempla a instalação de mobiliário urbano (mesas com bancos) nos jardins dos três hospitais, para que os profissionais possam fazer “as suas pausas/refeições ao ar livre, em segurança, em locais arejados e relaxantes, onde seja permitida a socialização em segurança, quer em contexto pandémico, quer fora dele”, refere o CHL em comunicado.

A segunda proposta mais votada foi a “Requalificação da Sala de Emergência do Serviço de Urgência Geral do HSA”, apresentada pelo enfermeiro Hugo Duarte, que propunha “a aquisição de equipamentos para a melhoria dos cuidados prestados à pessoa em situação crítica”, tendo recolhido 109 votos.

Em terceiro lugar, com 81 votos, classificou-se o projeto “Minimização do stress associado ao procedimento cirúrgico em Pediatria”, da técnica superior Andreia Correia, que previa “a dinamização de atividades lúdicas para crianças e pais, com recurso a um carro elétrico infantil para a viagem das crianças até ao Bloco Operatório e a tablets com jogos”.  

Segundo a administração hospitalar, que disponibilizou uma verba até 20 mil euros para concretizar a proposta mais votada, o projeto “Nós também participamos – Orçamento partilhado do CHL” é o “primeiro do género nos hospitais portugueses”. Surgiu de uma ideia do Gabinete de Comunicação, Relações Públicas e Imagem, com o objetivo de “dar voz aos colaboradores, incentivando-os a participar ativamente na tomada de decisões dentro da instituição, valorizando as suas ideias e contributos para a instituição”.

A primeira edição do Orçamento Partilhado do CHL decorreu em 2018 tendo vencido a proposta de criação de um ginásio para os trabalhadores do hospital de Leiria.

No ano seguinte, ganhou o projeto para a instalação de portas automáticas no Bloco Operatório do Hospital de Santo André.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.