Assinar
Cultura Exclusivo

Vamos andar de nariz no ar em Figueiró dos Vinhos à procura das mini esculturas de Isaac Cordal

Até domingo, um lote de artistas nacionais e estrangeiros pinta e cria em mais uma edição do festival Faunchar. Entre eles há um galego que trata com humor subtil e ironia forte problemas que ameaçam a nossa existência.

O galego Isaac Cordal vai espalhar pequenas esculturas por Figueiró dos Vinhos, numa crítica ao impacto humano na natureza Foto: Miguel Oliveira/Fazunchar

Pequenas (mas poderosas) reproduções que o espanhol Julio Anaya Cabanding fez de quadros de José Malhoa em várias paredes de Figueiró dos Vinhos deram que falar no primeiro Fazunchar. No ano seguinte, 2020, muitos foram à procura das “pessoazinhas” que a britânica Helen Bur espalhou pela vila e freguesias, pintando em ponto pequeno e de costas gente que encontrou por Figueiró. Este ano ninguém ficará indiferente ao que Isaac Cordal prepara para a terceira edição do festival “onde a arte faz a festa”.