Assinar
Covid-19

Covid-19: Região tem tantos novos casos como recuperações

Alvaiázere deixa de ter casos ativos sinalizados e é o único concelho da região nessa condição.

Imagem em 3d do novo coronavírus

Há mais dois casos ativos do que ontem na região de Leiria, elevando o total para 1.206 casos.

Apesar de numa primeira análise, os dados apresentarem uma boa tendência, a verdade é que nas últimas 24 horas, foram registados mais 82 resultados positivos e 80 recuperações, o que permite manter quase inalterado o total de ativos.

Leiria continua a ser o concelho com a maior parte dos nocos casos, esta sexta-feira são mais 32. Alcobaça tem mais 18 casos e Ourém verifica mais 11.

Abaixo de uma dezenas de novos casos estão mais nove concelhos. São eles: Caldas da Rainha (5), Marinha Grande (4); Porto de Mós (3), Peniche (2), Figueiró dos Vinhos (2), Pombal (2), Castanheira de Pera (1), Nazaré (1) e Batalha (1).

Relativamente às recuperações, hoje é o concelho de Pombal que regista o maior número, 29, logo seguido do concelho de Leiria com 24.

Em Peniche há mais sete recuperações, na Nazaré outras seis e na Marinha Grande cinco.

Na Batalha, duas pessoas tiveram “alta”, tal como em Caldas da Rainha e Alcobaça, enquanto em Porto de Mós, Ansião e Alvaiázere uma pessoa recuperou. Com a “alta” em Alvaiázere, o concelho passou a não ter casos ativos, sendo o único da região nessa condição ao dia de hoje.

Desde março de 2020, quando foram registados os primeiros casos de Covid-19 na região de Leiria, já foram confirmados 37.027 casos, dos quais 34.917 já recuperaram e há a lamentar 904 mortes associadas à infeção.

Fonte: Comissão Distrital de Proteção Civil de Leiria, Unidade de Saúde Pública do Médio Tejo e municípios. Dados acumulados desde o início da pandemia em março de 2020.

Os dados divulgados pelo REGIÃO DE LEIRIA referem-se aos 16 concelhos do distrito de Leiria e ao concelho de Ourém que, apesar de pertencer ao distrito de Santarém, mantém com Leiria grande proximidade e tem o Hospital de Santo André como hospital de referência.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.