Assinar
Autárquicas 2021

Ourém: Luís Albuquerque reeleito com “resultado histórico”

Coligação Ourém Sempre conquista mais dois mandatos na vereação e deixa PS com apenas um lugar. Na Assembleia Municipal, o estreante CHEGA elege um deputado municipal e o MOVE perde um.

Luís Albuquerque foi reeleito presidente da Câmara de Ourém, elegendo seis dos sete vereadores que compõem o executivo municipal. A Coligação Ourém Sempre (PSD/CDS) alcançou 62,78% dos votos (13.809) subindo dos 11.179 conseguidos em 2017. Também na Assembleia Municipal conquista mais três lugares, assumindo 14 eleitos.

O PSD/CDS vence em 12 das 13 freguesias, conquistando freguesias como Nossa Senhora da Piedade e Seiça que, são historicamente favoráveis ao PS. Também Gondemaria-Olival que, nos últimos 12 anos foi PS, passa a ser gerida pela coligação Ourém Sempre que perde a freguesia de Caxarias para o PS.

Os resultados foram chegando a conta-gotas, mas os apoiantes da coligação Ourém Sempre foram aguardando na rua, junto à sede do PSD, na cidade. Quando os números da confirmação dos seis lugares na vereação chegaram, Luís Albuquerque dirigiu-se aos militantes e apoiantes, a partir da varanda da sede social-democrata em Ourém.

Luís Albuquerque assinala que é um “resultado histórico” no concelho, dada a eleição de seis vereadores “contra um da oposição”, para o executivo municipal. Um resultado que melhorou, com a eleição de 14 deputados municipais, bem como as conquistas com “maioria absoluta” das 12  assembleias de freguesia. O reeleito presidente fala em “vitória histórica em freguesias tradicionalmente muito difíceis: Seiça, Nossa Senhora da Piedade, União de freguesias de Gondemaria-Olival”, referindo-se ainda à votação mais expressiva conquistada em Alburitel.

“Este resultado traz-nos muito maior responsabilidade. Reconhece o trabalho sério, rigoroso, que fizemos ao longo dos últimos 4 anos”, razão que levou os eleitores a mostrarem “um cartão, não vermelho, mas laranja à oposição pela forma como foi feita oposição nestes últimos 4 anos. Espero que tenham aprendido com este resultado e que também eles possam melhorar”, afirmou.

Quanto ao futuro, “esperam-nos quatro anos de muito trabalho, de muita responsabilidade, mas, tenho a certeza absoluta que daqui a quatro anos todos se sentirão orgulhosos do voto de confiança que nos deram”, rematou Luís Albuquerque, antes de concluir que “tudo iremos fazer para não vos desiludir”.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.