Assinar


Cultura

Residências artísticas marcam segunda fase de projeto Casulos

Doze oficinas de expressão coreográfica e performativa vão decorrer entre outubro de 2021 e março de 2022, nas Caldas da Rainha e em Figueiró dos Vinhos, e serão trabalhadas em simultâneo num projeto audiovisual e documental.

Figueiró dos Vinhos será um dos locais a receber o projeto Casulos Foto: Joaquim Dâmaso

Residências artísticas, oficinas de expressão dramática para seniores e laboratórios teatrais marcam o arranque da segunda fase do projeto Casulos, que, até março de 2022, leva iniciativas culturais às Caldas das Rainha e Figueiró dos Vinhos.

O projeto da Direção Regional de Cultura do Centro (DRCC) arrancou em maio com uma exposição no Museu José Malhoa, nas Caldas da Rainha, local onde agora arranca a segunda fase com a realização de residências artísticas que, segundo a organização, “têm na sua génese várias dinâmicas de integração da comunidade no processo criativo e na concretização dos projetos artísticos finais”.

Partindo da exposição patente no Museu José Malhoa, intitulada “CASULOS. José Malhoa, Dado e Carolein Smit” a companhia profissional Teatro da Pessoa realiza, até 7 de janeiro de 2022, uma residência artística.

Até ao dia 19 decorrem visitas comentadas à exposição e oficinas de expressão dramática com seniores das Caldas da Rainha.

Entre 25 de setembro e 31 de outubro tem lugar um laboratório teatral para dois grupos – um de jovens entre os 6 e os 12 anos e outro entre os 13 e os 18 anos – devendo os participantes fazer parte do elenco dos espetáculos finais, a par com a companhia profissional, previstos para os dias 8 e 09 de janeiro, nas Caldas da Rainha, e 20 de março de 2022, em Figueiró dos Vinhos.

O laboratório teatral decorre todos os sábados e domingos, entre as 10:00 e as 12:30, para os mais novos, e entre as 15:00 e as 17:30, para os mais velhos, podendo os interessados inscrever-se através do email mjosemalhoa@drcc.gov.pt.

O projeto que integra duas exposições e três residências artísticas, com 25 ações de mediação cultural, engloba teatro, dança, música, fotografia e vídeo no conjunto das iniciativas a desenvolver nos dois concelhos do distrito de Leiria.

Entre as propostas para os próximos meses, os mentores do projeto sugerem “uma viagem às histórias de Malhoa, Dado e Carolein Smit e às memórias individuais de cada um dos participantes nesta ação”, que contará com o coreógrafo Romulus Neagu a desenvolver um processo criativo com comunidades de migrantes e retornados da região das Caldas da Rainha e de Figueiró dos Vinhos.

A ação conta com 12 oficinas de expressão coreográfica e performativa, a realizar entre outubro de 2021 e março de 2022, nas Caldas da Rainha e em Figueiró dos Vinhos, que serão trabalhadas em simultâneo num projeto audiovisual e documental. Numa nota à imprensa, a DRCC adianta que as inscrições abrirão brevemente.

Também com abertura das inscrições previstas para breve, o coletivo DEMO realiza, entre outubro e novembro, nos dois concelhos, uma residência artística como um laboratório de criação, o desenvolvimento de cenários táteis e a conceção de concertos performativos.

“O coletivo convidará as comunidades locais de cegos e pessoas com baixa visão para assistir a ensaios e visitas táteis”, pode ler-se na nota da DRCC, acrescentando que os figurinos e cenários serão desenvolvidos em parceria com os alunos da Escola Superior de Artes e Design das Caldas da Rainha.

Os espetáculos finais, resultantes do processo criativo de cada uma das atividades, serão realizados em 08 e 09 de janeiro, nas Caldas da Rainha, e entre 18 e 20 de março em Figueiró dos Vinhos.

O programa Casulos resulta de um protocolo de colaboração entre a DRCC e o Instituto Português do Desporto e da Juventude (IPDJ), no âmbito da operacionalização do Orçamento Participativo Jovem Portugal 2018.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.