Assinar
Leiria

Proteção civil tenta travar “escorrências de produtos químicos” nas linhas de água vizinhas de empresa atingida pelo fogo

Esta situação ocorre depois de uma fábrica de produtos químicos, na rua Outeiro do Pomar, Marrazes, ter sido atingida pelo fogo.

A colocação de barreiras de contenção nas linhas de água foi a estratégia adotada pelos serviços de proteção civil para tentar conter o problema Foto: CML

“Escorrências de produtos químicos” alcançaram a ribeira do Amparo e outras linhas de água a montante da empresa de produtos químicos esta manhã consumida pelas chamas esta manhã em Leiria.

A informação foi avançada numa nota da Câmara de Leiria, publicada esta tarde.

Esta situação ocorre depois de uma fábrica de produtos químicos, na rua Outeiro do Pomar, Marrazes, ter sido atingida pelo fogo. Cerca de quatro dezenas de bombeiros combateram as chamas esta manhã.

A empresa tem atividade na produção de diversos produtos, incluindo detergentes e desinfetantes e, de acordo com a nota da autarquia de Leiria, “nas operações de combate ao incêndio industrial” deste sábado, “ocorreram algumas escorrências de produtos químicos existentes nas instalações, maioritariamente detergentes e álcool gel, tendo uma parte dessas águas alcançado a rede pluvial”.

Ainda segundo a informação municipal, vestígios dessas escorrências “poderão ser visíveis” em linhas de água “a jusante do local, nomeadamente na Ribeira do Amparo”.

A colocação de barreiras de contenção nas linhas de água foi a estratégia adotada pelos serviços de proteção civil para tentar conter o problema, adianta o município.

“Os meios da Proteção Civil colocaram barreiras de contenção no sentido de reduzir ao máximo a escorrência”, refere o comunicado que sublinha ainda que “as águas contaminadas resultantes do combate ao incêndio serão recolhidas por empresa especializada”.

“As autoridades encontram-se no local a acompanhar de perto a situação”, reforça a autarquia.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.