Assinar
Desporto

Leiria pode perder fase final da Allianz Cup para Aveiro

Alteração pode acontecer por causa das condições do relvado do estádio municipal de Leiria. Autarquia não comenta.

A dois meses da fase final da Allianz Cup, os problemas de estabilização do relvado do estádio municipal de Leiria continuam e podem levar a uma alteração do palco de jogo para apurar o campeão de inverno

A informação é avançada hoje pelo jornal A Bola e dá conta da “grande preocupação” da Liga Portugal sobre o atual estado do relvado.

“Se a competição estivesse marcada para os próximos dias, não decorreria no Estádio Municipal leiriense”, indica o diário desportivo esta manhã.

Apesar das várias intervenções que têm sido realizadas no relvado, “a autarquia leiriense ainda não deu sinais de poder avançar com os trabalhos que a Liga Portugal entende serem necessários para o efeito, facto que está a motivar enorme preocupação junto da entidade organizadora da competição”.

“Face à inoperância da Câmara Municipal de Leiria, [a direção da Liga Portugal] está já a estudar alternativas para o palco da Final Four, de forma a poder, se chegar a tanto, encontrar com tempo uma solução que lhe garanta que os jogos que decidem o vencedor da prova decorram com os níveis organizacionais exigidos pela Liga Portugal”, sendo o Estádio Municipal de Aveiro “uma alternativa muito viável”, adianta o artigo d’A Bola.

O problema de estabilização do relvado, sobretudo junto às balizas e do lado Poente, começou a verificar-se com maior intensidade no jogo da Taça de Portugal, entre União de Leiria e Santa Clara, em outubro, com vários pedaços de relva a soltarem-se do tapete, deixando o campo visivelmente marcado.

Também os jogos disputados pela seleção nacional sub20 masculina, em novembro, demonstraram que o relvado, apesar das várias intervenções, ainda não está consolidado e o problema continua por resolver.

Carlos Palheira, vereador do Desporto da Câmara de Leiria, disse ao REGIÃO DE LEIRIA, a 16 de novembro, estar “muitíssimo preocupado” com as condições do relvado, esclarecendo que estão a ser feitos vários trabalhos de “enraizamento do tapete” pela equipa responsável pelo tratamento do relvado. “Acreditamos que dentro de um mês o problema deve estar ultrapassado”, acrescentou na altura.

A verdade é que a questão permanece e começa a preocupar as entidades responsáveis pela competição.

Contactada sobre a eventualidade da mudança da fase final da Allianz Cup de Leiria para Aveiro, a Câmara de Leiria não quis, por agora, comentar, justificando que o assunto “está a ser analisado” pelo executivo.

Esta noite, o estádio de Leiria recebe o jogo União de Leiria – União de Santarém, a contar para a Liga 3, e será mais um teste à capacidade do relvado.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.