Assinar


Sociedade

Associação Dimitri Francisco adoçou o Natal a doentes internados no Centro Hospitalar de Leiria

Associação foi criada por empresários da região radicados em França

foto de dois pais natais da associação dimitri francisco à entrada do hospital de santo andré em leiria

A tradição ainda é o que era e a Associação Dimitri Francisco voltou ao Centro Hospitalar de Leiria (CHL) para distribuir presentes no dia de Natal. Na manhã de 25 de dezembro, o Pai Natal chegou de trenó, levando consigo alegria e presentes para os doentes internados no Hospital de Santo André (HSA), em Leiria, na Unidade de Internamento de Doentes em Evolução Prolongada de Psiquiatria (UIDEPP), nos Andrinos, e no Hospital Distrital de Pombal (HDP).

As ofertas foram variadas. Nota de imprensa enviada pelo CHL informa que, nos serviços de internamento e nos serviços de Urgência, foram oferecidas mantas; aos doentes em isolamento por Covid-19, internados no Serviço de Medicina Intensiva e na Unidade de Cuidados Agudos Polivalente (UCAP), foram entregues artigos de vestuário adaptados à sua condição clínica.

A outros doentes, o Pai Natal ofereceu bombons, “com a devida autorização da equipa de cuidadores”. Os profissionais de saúde também viram o seu Natal mais doce, além de terem recebido pequenas lembranças decorativas.

A mesma nota informa que o Pai Natal visitou os pequenos utentes no Serviço de Pediatria, na Unidade de Cuidados Especiais Neonatais e Pediátricos (UCEP) e na Urgência Pediátrica, e distribuiu brinquedos, jogos, entre outros artigos adequados à idade pediátrica. Os utentes da UIDEPP receberam rádios.

“Visitámos todos os serviços possíveis e deixámos prendas em alguns dos serviços restritos, para os profissionais distribuírem. No Serviço de Urgência foi uma animação: os doentes ficaram surpresos e agradados. Algumas senhoras abraçaram a mantinha com muita alegria e trocaram palavras com o Pai Natal e connosco”, realçou a enfermeira Celina Sobreira, citada na nota de imprensa. “Adorei a iniciativa!”, acrescentou.

Licínio de Carvalho, presidente do conselho de administração do CHL, agradeceu “o gesto altruísta dos voluntários num dia tão especial que, além de presentes, ofereceu certamente esperança e felicidade aos utentes e profissionais”. “Foi com muita satisfação que acolhemos a iniciativa da Associação Dimitri Francisco, que trouxe magia e deu cor ao Natal dos doentes internados no nosso centro hospitalar”, salientou.

A iniciativa solidária acontece pelo quarto ano consecutivo e é da responsabilidade da Associação, com sede em Pombal, que tem por missão “promover e realizar ações de solidariedade, no Natal, em hospitais, instituições particulares e cooperativas, de solidariedade social, em Portugal”.

Gilberto Francisco, empresário radicado em França e presidente da direção, o irmão Valdemar Francisco e Michäel António, naturais da região, são os representantes da Associação que há vários anos promove a mesma ação solidária em unidades hospitalares francesas e que, desde 2018, faz chegar a sua solidariedade a instituições e hospitais portugueses.

Entre outros projetos, a associação visita as crianças nos hospitais portugueses, sendo que neste Natal, além de Leiria e Pombal, vai distribuir presentes no IPO do Porto, no Hospital Pediátrico de Coimbra, no Hospital Distrital da Figueira da Foz, e nos lares residenciais da Cercipom, em Pombal e na Guia.

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é assinante, entre com a sua conta. Entrar