Assinar
Covid-19

Covid-19: 538 novas infeções e três mortes nas últimas 24 horas

Leiria, Alcobaça e Ourém são os concelhos com mais pessoas infetadas ao dia de hoje.

imagem microscópica da variante omnicron do novo coronavírus

O número de casos ativos de Covid-19, na região de Leiria, ultrapassa a barreira dos quatro mil, de acordo com os dados disponibilizados esta madrugada pela Comissão Distrital de Proteção Civil, a que se juntam os dados dos municípios.

O aumento de 308 casos ativos face ao dia de ontem deve-se ao facto de, nas últimas 24 horas, as novas infeções serem mais do dobro das recuperações. Testaram positivo à Covid-19 538 pessoas contra as 227 que recuperaram da doença.

Caldas da Rainha, Alcobaça e Leiria são os concelhos com maior número de novas infeções: 123, 122 e 101, respetivamente, sendo que os casos referentes a Caldas da Rainha e Alcobaça reportam-se aos últimos dois dias. Sucedem-se os concelhos de Ourém (51), Nazaré (32), Pombal (27), Marinha Grande (22), Porto de Mós (21), Bombarral (8), Óbidos (11), Peniche e Batalha (10 cada).

Já as recuperações, verificaram-se nos concelhos de Leiria (68), Alcobaça (65), Caldas da Rainha (42), Óbidos (26), Marinha Grande (14), Batalha (11), Porto de Mós (4), Pombal (4), Peniche (2) e Nazaré (1).

No que toca ao Bombarral, e de acordo com os dados divulgados pelo município, o total de doentes recuperados é de 853 e não 863 como referido, por lapso, no balanço de ontem.

A evolução da pandemia coloca Leiria, Alcobaça e Ourém na liderança da tabela, no que toca a casos ativos.

No balanço desta quarta-feira, há ainda registo de três mortes, uma no concelho da Batalha, uma em Leiria e outra em Peniche. São já 983 os óbitos associados à Covid-19 desde o início da pandemia, em março de 2020. Nestes quase dois anos de pandemia, já foram infetadas na região 50.748 pessoas e 45.689 recuperaram da doença.

Os dados divulgados pelo REGIÃO DE LEIRIA referem-se aos 16 concelhos do distrito de Leiria e ao concelho de Ourém que, apesar de pertencer ao distrito de Santarém, mantém com Leiria grande proximidade e tem o Hospital de Santo André como hospital de referência.

Fonte: Comissão Distrital de Proteção Civil de Leiria, Unidade de Saúde Pública do Médio Tejo e municípios. Dados acumulados desde o início da pandemia em março de 2020

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é assinante, entre com a sua conta. Entrar