Assinar


Sociedade

IPMA lança aviso amarelo para ondulação até 5 metros na costa do distrito

Previsão de forte agitação marítima mantém-se até às 21 horas de hoje. Proteção Civil recomenda medidas preventivas também para acautelar ocorrência de chuva intensa.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) lançou um aviso amarelo para a costa do distrito de Leiria devido à previsão de forte agitação marítima no dia de hoje, 25 de dezembro, com ondas de noroeste que podem chegar a 5 metros.

A situação deve verificar-se até às 21 horas de hoje, podendo a ondulação variar de oeste ao longo do dia.

A chuva forte e persistente que caiu ao início da manhã vai diminuir a partir da hora de almoço, entrando em regime de aguaceiros, de menor intensidade.

Para domingo, dia 26, prevê-se chuva mais intensa durante a tarde, com ventos fortes no litoral, com rajadas na ordem dos 65 km/h.

Tanto para sábado como para domingo, o IPMA prevê temperaturas para Leiria a oscilar entre os 11 graus de mínima e os 17 graus de máxima.

Face às condições previstas pra este fim de semana, entre outras situações com alguma perigosidade, é expetável que os condutores encontrem situações de piso escorregario, com eventuais lençóis de água, sendo igualmente possível a ocorrência de cheias rápidas em meio urbano.

A Proteção Civil recomenda, por isso, um conjunto de medidas preventivas, nomeadamente:

− Garantir a desobstrução dos sistemas de escoamento das águas pluviais e retirada de inertes e outros objetos que possam ser arrastados ou criem obstáculos ao livre escoamento das águas;
− Adotar uma condução defensiva, reduzindo a velocidade e tendo especial cuidado com a possível formação de lençóis de água nas vias rodoviárias;
− Não atravessar zonas inundadas, de modo a precaver o arrastamento de pessoas ou viaturas para buracos no pavimento ou caixas de esgoto abertas;
− Ter especial cuidado na circulação e permanência junto de áreas arborizadas, estando atenta para a possibilidade de queda de ramos ou árvores, em locais de vento mais forte;
− Ter especial cuidado na circulação junto da orla costeira e zonas ribeirinhas historicamente mais vulneráveis a estes fenómenos;
− Estar atento às informações da meteorologia e às indicações da Proteção Civil e Forças de Segurança.

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é assinante, entre com a sua conta. Entrar