Assinar
Cultura

Rede Cultura 2027 desafia alunos a realizar 150 filmes em 2022

Segunda fase do projeto “Gentes e lugares” é dedicada ao património imaterial dos 26 concelhos da candidatura de Leiria a Capital Europeia da Cultura.

Alunos dos 26 municípios da candidatura são novamente desafiados a produzir filmes com até 3 minutos

Alunos dos 26 concelhos que integram a candidatura de Leiria a Capital Europeia da Cultura 2027 vão ser desafiados a realizar em 2022 mais de 150 filmes, anunciou hoje a Rede Cultura 2027.

A entidade que promove a candidatura de Leiria lançou esta quinta-feira, 16 de dezembro, a segunda edição do projeto “Gentes e lugares”, que será dedicada ao estudo e partilha do património imaterial, avança a Rede Cultura em comunicado. 

Até junho de 2022, a organização aponta para que mais de 150 filmes sejam realizados por alunos do pré-escolar, 1º, 2º e 3º ciclos e secundário. Os vencedores serão conhecidos a 1 de junho do próximo ano. 

Na primeira edição de “Gentes e lugares”, que terminou este mês em Torres Novas, envolveu ao longo de 2021 um total de 77 turmas de 47 escolas. Alunos dos 3 aos 18 anos produziram desde março mais de centena e meia de filmes com o máximo de três minutos de duração, utilizando o telemóvel para documentar os 26 municípios, inspirando-se em pessoas que os influenciam na escola, na rua ou no bairro, em lugares de que gostam e nas músicas preferidas.

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é assinante, entre com a sua conta. Entrar