Assinar
Cultura

Gentes e Lugares: Alunos da Rede Cultura 2027 filmaram histórias locais

Concurso envolveu 77 turmas de 47 escolas do pré-escolar ao secundário. Júri e público elegeram seis de 12 produções finalistas.

Há muitas histórias para descobrir ao nosso lado e contá-las em filme foi o repto lançado pela Rede Cultura 2027 às crianças e aos jovens da região. No Dia da Criança, entre palmas e muitos risos de dezenas de alunos de escolas do território da Rede Cultura 2027 Leiria, o Teatro José Lúcio da Silva recebeu a final de “Gentes e lugares”.

O concurso foi “o primeiro grande projeto que envolve todas as escolas dos 26 municípios da Rede”, salientou a vice-presidente da Câmara de Leiria, Anabela Graça, e distinguiu a criatividade de obras cinematográficas contadas por jovens “realizadores” de 77 turmas de 47 estabelecimentos de ensino.

Crianças e jovens foram desafiados a criar filmes originais. Final decorreu no Dia Mundial da Criança Foto: Sérgio Claro

Das 150 produções realizadas por crianças desde o pré-escolar a jovens do ensino secundário e profissional, foram escolhidos 12 filmes finalistas, exibidos e levados a dupla votação em Leiria: pelo júri composto pelos realizadores Pedro Neves e Ricardo Leite e também pelo público presente em sala.

Inspirados em pessoas, lugares e músicas, os filmes foram analisados segundo a qualidade técnica, narrativa e criatividade. Mas o júri vincou a importância da iniciativa, pela oportunidade de “ir para a rua” e criar.

Quanto aos prémios, “O pão é uma arte”, da turma D do Jardim de Infância de Figueiró dos Vinhos, foi distinguido pela “forma criativa e linguagem documental”, disse Pedro Neves. Já “Caminhos”, do 4º L da EB1 de Vila Cã, Pombal, olhar de duas gerações sobre o mesmo lugar, revelou-se “uma reflexão sobre questões contemporâneas do nosso tempo”, referiu Ricardo Leite, tendo sido também premiado o filme “Entrevista a Antero Guerra Inácio”, da turma 4.ºL, Escola Básica de Santa Maria, Torres Novas, na mesma categoria.

Premiado foi ainda “Entrevista ao Ti Luís”, “história apaixonante e trágica” contada pelos alunos do 9º A do Agrupamento de Escolas de S. Martinho do Porto, Alcobaça. A nível do secundário e profissional, o distinguido foi “Entrevista a Hélder Dias”, da turma C72 de Comunicação da Escola Profissional de Torres Novas.

O público também teve oportunidade de votar, tendo eleito os filmes “O pão é uma arte” (escalão pré-escolar), “Entrevista a Antero Guerra Inácio” (escalão 1º ciclo), “Entrevista ao Veterinário Municipal”, pela turma 8.ºA do Agrupamento de Escolas de Pedrógão Grande (escalão 2º e 3º ciclos), e “Entrevista a Hélder Dias” (escalão ensino secundário e profissional).

As escolas contempladas dos 2º e 3º ciclos, do secundário e profissional vão receber três realizadores, para uma partilha de conhecimento e técnicas de cinema.

Carolina Santos

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.