Assinar
Leiria

Politécnico de Leiria e Universidade do Minho lançam doutoramento na área dos polímeros e moldes

Estão disponíveis 15 vagas para o primeiro ciclo de estudos que deverá arrancar oficialmente no segundo semestre deste ano letivo

O doutoramento em Fabrico Digital Direto para as Indústrias dos Polímeros e Moldes, resultado de uma parceria entre o Politécnico de Leiria IPLeiria e a Universidade do Minho (UMinho) vai arrancar oficialmente no segundo semestre do ano letivo 2021/2022.

Este ciclo de estudos, que tem 15 vagas disponíveis e uma duração de seis semestres, foi aprovado com a acreditação máxima atribuída pela Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior (A3ES), válida por seis anos, adianta o IPLeiria numa nota de imprensa.

O programa doutoral será ministrado na Escola Superior de Tecnologia e Gestão (ESTG) de Leiria e na Escola de Engenharia da Universidade do Minho, no campus de Azurém, em Guimarães.

O grau de doutor será conferido pela UMinho, no ramo de doutoramento em Ciência e Engenharia de Polímeros e Compósitos, e irá também envolver diretamente dois centros de investigação, o CDRSP – Centro para o Desenvolvimento Rápido e Sustentado de Produto do IPLeiria e o IPC – Instituto de Polímeros e Compósitos da Universidade do Minho.

A primeira fase de candidaturas decorre até amanhã, 5 de fevereiro, para “titulares do grau de mestre em Engenharia ou equivalente legal, licenciados em engenharia em áreas afins detentores de um currículo escolar ou científico especialmente relevante, e quem apresente um currículo escolar, científico ou profissional, que seja reconhecido pelo Conselho Científico da Escola de Engenharia como atestando capacidade para a realização deste doutoramento”.

Mais informações sobre o programa de doutoramento podem ser consultadas no site do IPLeiria.

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos relacionados

Subscreva!

Newsletters RL

Saber mais

Ao subscrever está a indicar que leu e compreendeu a nossa Política de Privacidade e Termos de uso.

Artigos de opinião relacionados