Assinar
Desporto

Maria Pereira foi a melhor marcadora na vitória de Portugal frente à Eslováquia

Seleção nacional venceu esta tarde por 21-23 em jogo de qualificação para o Europeu 2022.

EHF

A seleção nacional feminina de andebol bateu, esta tarde, e pela segunda vez consecutiva, a Eslováquia, alimentando o sonho do apuramento para o Europeu 2022. Maria Pereira, atleta de Porto de Mós, esteve em destaque no triunfo.

Depois de na sexta-feira passada, Portugal ter vencido a Eslováquia por 24-21, hoje o marcador ficou em 21-23.

No momento que antecedeu a partida, houve espaço para uma homenagem conjunta, por parte das seleções, para com a Ucrânia e o momento que o país atravessa.

Num jogo de dificuldade acrescida, pela condição de visitante, e apesar da Eslováquia já não ter qualquer hipótese de qualificação, as adversárias entraram determinadas e abriram o marcador. A resposta portuguesa não tardou mas a seleção nacional teve alguma dificuldade em se afirmar e andou muitas vezes à procura do empate ou da vantagem. Foi mesmo para o balneário com a desvantagem de 14-12.

No segundo tempo, o selecionador nacional mexeu na equipa mas o jogo começou da mesma forma que na primeira parte e Portugal teve que reagir sempre à procura de reduzir a diferença de golos.

À entrada dos últimos 15 minutos do encontro, Portugal chegou à igualdade no marcador e Maria Pereira, internacional experiente que esta época alinha na SIR 1º Maio/CJB, com uma antecipação defensiva, recuperou a bola e finalizou na baliza vazia devolvendo, 30 minutos depois, a vantagem a Portugal, 17-18.

A partir daqui, a seleção nacional saiu por cima e chegou aos dois golos de vantagem pela primeira vez no encontro, 17-19. Depois de alcançar a liderança, as lusas não quiseram tirar o pé do acelerador.

A portomosense Maria Pereira ainda conseguiu alargar a vantagem lusa para 18-22 mas as eslovacas responderam. O resultado ficou 21-23.

Maria Pereira, com 6 golos em 9 remates levou o título de melhor marcadora e Isabel Góis foi distinguida como MVP da partida ao fazer 8 defesas em 15 remates (53% de eficácia).

Ana Carolina Silva, da Nazaré, também foi opção do selecionador nacional. Já a estreante na seleção nacional Rita Campos, natural de Leiria e jogadora do Benfica, esteve apenas no primeiro jogo com a Eslováquia, não tendo embarcado com a comitiva nacional.

Para Portugal se conseguir qualificar para o Europeu terá que vencer na deslocação a Espanha e na receção à Hungria. O Women’s EHF Euro 2022 tem início marcado para o dia 4 de novembro e decorrerá na Eslovénia, Macedónia do Norte e Montenegro.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.