Assinar


Desporto

Surfista Kelly Slater quer voltar a ser feliz em Peniche doze anos depois

O atleta de 50 anos sagrou-se campeão mundial em 2010 e em 2011.

Brian Bielmann

O norte-americano Kelly Slater, onze vezes campeão mundial de surf, mostrou-se hoje confiante num bom desempenho na etapa portuguesa do circuito principal da Liga Mundial de Surf (WSL), em Peniche, desejando repetir a vitória alcançada em 2010.

“Ganhei este evento há 12 anos, disputei a final contra o Jordy Smith [África do Sul] e estávamos ambos na corrida ao título, por isso, ganhar em Peniche foi decisivo para mim”, afirmou Kelly Slater na conferência de imprensa de lançamento do Meo Pro Portugal realizada em Peniche.

O atleta, de 50 anos, e que é considerado o melhor surfista de sempre, sagrou-se campeão mundial em 2010 e também em 2011, ano em que perdeu a final na Praia de Supertubos para o brasileiro Adriano de Souza e, há onze anos, que persegue o seu 12º título.

“Acho que todos tentamos ganhar o título mundial, senão não devíamos estar aqui. Mas temos de pensar evento a evento e tentar fazer as coisas bem. Cada semana, e cada evento e cada heat são decisivos”, realçou, depois de viver um arranque de sonho nesta nova época, com uma vitória em Pipeline, no Havai, na primeira etapa.

Depois, a segunda etapa, disputada em Sunset, também no Havai, não lhe correu de feição, ficando-se pelo 17º posto, ocupando agora, antes do começo da prova de Peniche, o quinto lugar do ranking.

“Foi um início de ano especial para mim. Eu não ganhava um evento desde a minha lesão em Jeffreys Bay [África do Sul] há cinco anos. Cheguei a pensar que não ia voltar a acontecer, mas venci, e logo em Pipeline. Em Sunset foi quase o oposto, acho que tive a abordagem mental errada”, referiu Slater, mostrando-se esperançado no seu desempenho na prova portuguesa.

“Definitivamente tenho alguma experiência e boas memórias aqui em Peniche”, vincou.

Questionado sobre a mudança de calendário da prova de Peniche, que costumava decorrer em outubro e passou para março, o “king Kelly” mostrou-se favorável: “Mudar para esta altura do ano foi uma boa decisão”.

O período de espera do MEO Pro Portugal Presented by Rip Curl dura entre os dias 3 e 13 de março, na Praia de Supertubos, em Peniche.

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é assinante, entre com a sua conta. Entrar