Assinar
Leiria

Jovens deputados propõem medidas no âmbito da cultura e paz

Iniciativa da Câmara Municipal de Leiria juntou 51 alunos oriundos de oito escolas do concelho.

assembleia jovens deputados

A realização de uma feira mensal cultural em vários pontos turísticos da cidade para promover a multiculturalidade, a criação de um espaço artístico para convívio e partilha entre os jovens e a criação de uma base de registo digital com testemunhos de idosos, foram algumas das propostas apresentadas esta manhã pelos alunos do ensino secundário das escolas do concelho de Leiria, em mais uma edição da Assembleia de Jovens Deputados.

Na assembleia jovem organizada pela Câmara Municipal de Leiria, o debate foi enquadrado pelos temas “Cidadania cultural: cocriar, reativar e programar” e “Paz: Ideias para um manifesto capaz”. No exercício procurou-se desenvolver a criatividade e o espírito crítico, fomentando a discussão de propostas elaboradas a partir do trabalho colaborativo para incentivar o diálogo democrático entre jovens.

No evento estiveram presentes 51 alunos, em representação de oito estabelecimentos de ensino secundário e profissional, que apresentaram um total de 24 propostas. A maioria delas no âmbito da criação ou requalificação de espaços culturais e de ações com fim solidário.

A sessão decorreu no Teatro Miguel Franco e foi presidida por José Alves, primeiro secretário da mesa da Assembleia Municipal de Leiria. Devido à proximidade com o 25 de Abril, foram várias as reflexões feitas sobre liberdade e direitos dos cidadãos.

Entre outras propostas apresentadas pelos jovens deputados, conta-se a celebração do Dia Mundial da Diversidade Cultural para o Diálogo e Desenvolvimento, através da realização de atividades, o acesso gratuito no primeiro domingo de cada mês aos espaços culturais do concelho e a colocação de um professor para ensinar português nas escolas aos refugiados ucranianos.

Gonçalo Lopes, presidente da Câmara de Leiria, também participou na sessão, considerando que “valores como a paz, a solidariedade e a entreajuda são muito importantes na educação dos jovens”. O autarca referiu ainda que “quanto mais educação houver, mais sucesso iremos ter enquanto comunidade”.

A ocasião foi ainda aproveitada para Anabela Graça, vice-presidente da Câmara de Leiria e vereadora do pelouro da Educação, anunciar que, a partir de setembro, “os alunos vão ter um código QR na fachada das escolas para consultarem a agenda cultural de Leiria e estarem sempre atualizados”.

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é assinante, entre com a sua conta. Entrar