Assinar
Leiria

Óasis e Centro Escolar dos Parceiros estão entre os que mais reciclaram em 2021

No top3 das entidades que mais reciclaram em 2021, na área da Valorlis, está também o Lar de São Francisco.

O Centro Escolar dos Parceiros reciclou 4,13 toneladas de resíduos em 2021

Concluída mais uma edição do programa Ecovalor, que promove boas práticas ambientais em estabelecimentos de ensino e instituições por todo o país e premeia aqueles que têm melhor desempenho, foram conhecidas esta terça-feira as escolas que mais “trabalharam” para reciclar resíduos.

Segundo o grupo EGF (Environment Global Facilities), 884 escolas participaram na edição de 2021 e encaminharam no total, para reciclar, 1.684 toneladas de papel e cartão, 609 toneladas de plástico, metal e pacotes de bebida e 255 toneladas de vidro. Foram premiadas 33 entidades, três em cada concessionária do grupo.

Na região de Leiria, na área de atuação da Valorlis (que envolve os Municípios de Porto de Mós, Batalha, Leiria, Pombal, Marinha Grande e Ourém), o primeiro lugar foi arrecadado pela OASIS – Organização de Apoio e Solidariedade para a Integração Social, de Leiria, que reciclou 4,13 toneladas de resíduos. Em segundo ficou o Lar de São Francisco, também na cidade do Lis, com 5,39 toneladas, seguido do Centro Escolar dos Parceiros, que reciclou 4,13 toneladas.

No âmbito nacional, destacaram-se a Escola do Monte – Vila Nova de Gaia, com 25 toneladas, seguida do Centro Infantil do Hospital de Faro (22 toneladas) e a Escola EB1/ JI da Conceição de Faro (19 toneladas).

Consulte aqui a lista completa dos estabelecimentos de ensino premiados.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Artigos relacionados

Subscreva!

Newsletters RL

Saber mais

Ao subscrever está a indicar que leu e compreendeu a nossa Política de Privacidade e Termos de uso.

Artigos de opinião relacionados