Assinar
Ourém

Incêndio em Ourém mobiliza perto de 400 bombeiros

Uma habitação e um anexo junto a uma escola foram atingidos pelas chamas. Há locais onde as projeções chegam aos 500 metros.

Se a situação no distrito de Leiria está mais controlada, com os vários focos de incêndio registados ao longo da tarde já em fase de rescaldo e/ou conclusão, o cenário é bem diferente no concelho de Ourém, distrito de Santarém.

O incêndio que deflagrou pelas 16 horas, em Cumeada, na União de Freguesias da Freixianda, Ribeira do Fárrio e Formigais, mobilizava às 20 horas cerca de 250 operacionais, número que subiu para 383 elementos pelas 22 horas, segundo a página da Proteção Civil.

Com a desmobilização dos meios aéreos do terreno, foi necessário reforçar o combate ao incêndio com recurso a mais operacionais, muitos deles do distrito de Leiria.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Santarém disse à agência Lusa que as chamas se aproximavam da localidade de Abades, sendo esta a “principal preocupação”, uma vez que o incêndio estava, pelas 20 horas, a aproximar-se “com projeções para dentro da própria localidade.

“Os danos registados até às 20 horas são uma habitação em Abades e o anexo junto a uma escola”, adiantou a fonte do CDOS, explicando não ser ainda possível precisar que tipo de danos.

A mesma fonte adiantou ainda que estava “em trânsito um grupo de Lisboa e outro de Portalegre”, sendo que às 20h30 o incêndio tinha uma frente, “com bastante intensidade”, sendo que em alguns locais “com fogo de copa e projeções a 500 a 600 metros”.

Pelas 23 horas, o comando distrital de Santarém fará um novo ponto de situação das operações no terreno.

Com Lusa

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Artigos relacionados

Subscreva!

Newsletters RL

Saber mais

Ao subscrever está a indicar que leu e compreendeu a nossa Política de Privacidade e Termos de uso.

Artigos de opinião relacionados