Assinar
Cultura

Leirena e Surma levam “O globo de Saramago” a Angra do Heroísmo

Espetáculo criado a partir de “1993” de José Saramago é apresentado terça-feira nos Açores.

Leirena

Os Açores acolhem a digressão de “O globo de Saramago – 1993”, que chega ao Curtas de Artes Performativas, festival em Angra do Heroísmo, na Ilha Terceira, dedicado a artes várias apreentadas em espaços ao ar livre e não convencionais.

A produção do Leirena Teatro, que ganha vida pela interpretração de Frédéric da Cruz Pires e pela música criada por Surma em tempo real, é apresentada na terça-feira, dia 26, no Jardim do Duque da Terceira.

Criado em coprodução com a Fundação José Saramago e Leiria Cidade Criativa da Música da UNESCO, “O globo de Saramago -1993” é baseado na obra “1993, de José Saramago, e retrata a vida de um homem, que tudo vê na cidade ocupada pelo exército invasor. Ele expõe os episódios aterrorizantes que assiste, relatando acerca dos habitantes doentes da peste, que saíram de casa por uma ordem que ninguém ouviu; uma guerra onde os escrúpulos não são prisão; a contagem noturna dos habitantes que foram autorizados a viverem na cidade, entre outros acontecimentos.

Para a performance, o Leirena recorre a um globo de plástico insuflável, que é utilizado no jogo teatral de forma diversa, assumindo múltiplos papéis metafóricos ao longo da narrativa.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Artigos relacionados

Subscreva!

Newsletters RL

Saber mais

Ao subscrever está a indicar que leu e compreendeu a nossa Política de Privacidade e Termos de uso.