Assinar
Leiria

Requalificação da Capitão Mouzinho de Albuquerque avança para nova fase

Na próxima segunda-feira, arrancam os trabalhos no cruzamento da avenida Heróis de Angola com a rua de São Francisco.

Parte do cruzamento da avenida Heróis de Angola com a rua de São Francisco entra em obras a partir de segunda-feira, dia 8 Fernando Rodrigues

Os trabalhos de requalificação da rua Capitão Mouzinho de Albuquerque e envolventes, em Leiria, vão condicionar o trânsito na avenida Heróis de Angola e rua Coronel Teles Sampaio Rio a partir da próxima segunda-feira, dia 8.

Em causa está a execução de duas novas fases da empreitada que irão obrigar a novos cortes e condicionalismos de trânsito, informou hoje a Câmara de Leiria.

A intervenção vai incidir no “lado poente do cruzamento entre a avenida Heróis de Angola e a rua de São Francisco, o que levará à supressão da via da esquerda no final da avenida, passando o trânsito a circular apenas na via mais à direita”, explica a autarquia numa nota de imprensa.

Na semana seguinte, na terça-feira, dia 16, arrancarão trabalhos na rua Coronel Teles Sampaio Rio (frente ao Teatro José Lúcio da Silva), no troço entre a Capitão Mouzinho de Albuquerque e o beco de São Francisco. O restante troço (do lado do teatro) perderá o estacionamento e passará a ter dois sentidos de circulação “apenas para movimentos de cargas e descargas, para o parque de estacionamento do supermercado Pingo Doce e as garagens existentes no beco de São Francisco”, sublinha o município.

Intervenção no troço da rua Coronel Teles Sampaio Rio arranca a 16 de agosto Foto: Fernando Rodrigues

A autarquia estima que estas duas fases da obra terminarão no início do mês de outubro, estando todos os acessos pedonais garantidos. Os cortes e condicionalismos de trânsito podem ser consultados no mapa interativo disponibilizado pelo município (clicar no botão com sinal de obras, no mapa, para aproximar e aceder à informação).

A empreitada, que abrange as ruas Capitão Mouzinho de Albuquerque, de São Francisco e Coronel Teles Sampaio Rio e o beco de São Francisco, “tem como objetivos devolver o centro da cidade à população, através da criação de melhores condições de conforto e de segurança”, privilegiando a circulação pedonal e a permanência de pessoas, além da remodelação das infraestruturas.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.