Assinar Edições Digitais

Opinião: Descomplicar, por favor!

Uma PME necessita de 275 horas por ano para cumprir as suas obrigações fiscais. A teia burocrática que envolveu as empresas nos últimos anos é gigante.

Diogo Teles, consultor de gestão
Diogo Teles, consultor de gestão

Uma PME necessita de 275 horas por ano para cumprir as suas obrigações fiscais. A teia burocrática que envolveu as empresas nos últimos anos é gigante.

Comecemos a construir o plano “leve” mensal de uma empresa: até ao dia 10, envio da Declaração de Remunerações à Segurança Social (SS), apurando também o valor das contribuições que a empresa terá de pagar até dia 20. Como a Autoridade Tributária (AT), também precisa de saber quanto ganha cada trabalhador e quanto desconta de IRS, toca a enviar outra declaração.

Até ao dia 15, no regime de IVA trimestral, enviar à AT a declaração do IVA do trimestre anterior, procedendo à respetiva entrega de IVA ao Estado, se for o caso. Entre o dia 10 e o dia 20, proceder ao pagamento das contribuições para os Fundos de Compensação do Trabalho, ao pagamento das contribuições para a SS, assim como ao pagamento das retenções na fonte de IRS, à AT.

Até dia 25, comunicação da faturação do mês anterior à AT.

Há ainda as obrigações anuais que se vão espalhando por todos os meses do ano.

Descompliquem, por favor! As empresas também precisam do seu tempo para investir no negócio.

(texto publicado na edição de 11 de dezembro de 2014)