Assinar
Sociedade

Carrinha furtada à APPACDM da Marinha Grande recuperada (actualizada)

Uma viatura furtada e janelas partidas. A APPACDM da Marinha Grande foi assaltada e as instalações vandalizadas. Os assaltantes levaram uma viatura, que ao fim da manhã, foi recuperada pela GNR.

Uma viatura furtada, janelas partidas, estores arrombados, alarme arrancado e material informático também furtado. Foi este o cenário que os utentes da Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental (APPACDM) da Marinha Grande encontraram quando chegaram às instalações da instituição.

Segundo Ivone Henriques, directora da APPACDM da Marinha Grande, “ainda não é possível calcular os estragos”, mas o valor será elevado.

De acordo com a responsável, os indivíduos terão entrado pelas traseiras, arrombado os estores e partido três janelas tipo sacada, para penetrar no interior das instalações.

Lá dentro, vandalizaram e “revolveram salas e o material do ginásio e levaram um computador e mais material informático”, conta ao REGIÃO DE LEIRIA.

Entre o valor do prejuízo está também o furto de uma das viaturas de transporte de utentes. “Levaram uma carrinha Ford, que era a mais nova que nós tínhamos, tinha apenas dois anos, e partiram os vidros do autocarro e das outras carrinhas”, acrescenta.

Para retirar a carrinha, os indivíduos tiveram que deslocar o autocarro do local onde estava estacionado e só depois furtaram a viatura. Levaram consigo ainda uma chave de outro veículo.

A ocorrência perturbou o normal funcionamento da instituição hoje, já que as carrinhas não puderam sair para recolher os utentes e as aulas só estão a decorrer com os alunos cujos pais levaram até à instituição.

Todavia, Ivone Henriques, que falou com o REGIÃO DE LEIRIA ao final da manhã, acredita que na próxima segunda-feira, a instituição já possa realizar o seu trabalho normalmente.

Já durante a tarde de sexta-feira, a GNR recuperou a viatura, que foi deixada abandonada e “atolada num pinhal” na zona de Fanhais, Valado dos Frades, Nazaré.

Foram ainda identificados dois indivíduos, que foram conduzidos à PSP da Marinha Grande, e sobre os quais recaem outros inquéritos.

Fonte da PSP indicou também que “há fortes suspeitas sobre a identidade dos indivíduos” e que a carrinha “terá servido para outros assaltos” que ocorreram na região.

Marina Guerra
marina.guerra@regiaodeleiria.pt

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.