Assinar Edições Digitais
Mercado

Nova escola de negócios de Leiria com 14 cursos em 2014

Há mais um parceiro na CCD Business School: a AIP – Associação Industrial Portuguesa acaba de anunciar a ligação ao projeto, que vai formar empresários e quadros superiores.

Há mais um parceiro na CCD Business School: a AIP – Associação Industrial Portuguesa acaba de anunciar a ligação ao projeto, que vai formar empresários e quadros superiores.

O diagnóstico é da própria NERLEI – Associação Empresarial da Região de Leiria: os gestores e empreendedores da região evidenciam baixas qualificações para o exercício da atividade. E é para colmatar essa lacuna que nasce a CCD Business School. Em 2014, deverá ministrar 14 cursos e quatro seminários, envolvendo 345 formandos. O segmento alvo é o da formação pós-graduada ou executiva (média e superior).

A entrada da AIP na nova escola de negócios a funcionar em Leiria foi divulgada hoje, como parte dos objetivos da confederação, que pretende assegurar uma oferta formativa de qualidade para os seus associados e empresários em geral.

Criada no passado dia 18 de Janeiro, a CCD Business School é uma iniciativa da NERLEI, ACILIS – Associação Comercial e Industrial de Leiria, Batalha e Porto de Mós, AMLEI – Associação de Municípios da Região de Leiria, Fundação Caixa Agrícola de Leiria e IPL – Instituto Politécnico de Leiria. A estes fundadores, irão juntar-se várias empresas locais de referência.

A oferta formativa vai basear-se em protocolos com escolas de negócios de referência nacional e o financiamento é efetuado exclusivamente com recurso a capitais próprios.

A CCD tem como visão “ser uma referência, de âmbito regional, que pela influência, pela qualidade e aplicabilidade prática da formação prestada aos empresários e gestores, contribua para o aumento da qualificação e competitividade do tecido empresarial da região”. Para tal definiu como missão “proporcionar a aprendizagem e a aplicação das melhores práticas de gestão, envolvendo os empresários e gestores da região centro, proporcionando às empresas uma cultura de excelência reconhecível a nível nacional e internacional”.