O Museu de Arte Popular Portuguesa, de Pombal, convidou alunos das escolas e utentes das instituições do concelho a soltarem a imaginação.

Museu de Arte Popular de Pombal

O desafio? Desenhar peças de roupa e acessórios de moda atuais, com base em técnicas e materiais artesanais. O museu quer “ajudar a revitalizar o artesanato local”, ao mesmo tempo que estimula a criatividade da população, explica a diretora Cidália Botas.

“O bracejo, por exemplo, faz parte da tradição do concelho. Porque não usá-lo para fazer carteiras ou saias?”, exemplifica a responsável.

Os trabalhos – que podem ser concebidos a título individual ou em representação de uma instituição – devem ser entregues até dia 21 de setembro.

Poucos dias depois, serão colocados à votação do público, durante a XIX Feira Nacional de Artesanato e Tasquinhas de Pombal, que decorrerá de 28 a 30 de setembro.

Mais tarde, a exposição repete-se, no Museu de Arte Popular Portuguesa. Esta é a primeira vez que o museu lança o projeto, ao qual deu o nome “Tradição vs Modernidade”.

Mas a colaboração com as instituições do concelho já existe há alguns anos. “Temos tido outros projetos em parceria e as instituições mostram-se sempre muito interessadas em colaborar, o que tem dado bons resultados”, diz Cidália Botas.

(Notícia publicada na edição de 17 de agosto de 2012)

SMF