Tomaram posse, reuniram-se com os trabalhadores da empresa municipal e anunciaram a suspensão de atividades e encerramento de instalações. Os primeiros dias do novo conselho de administração da Leirisport foram agitados e desencadearam um conjunto de reações.

Na terça-feira, um dia depois da Leirisport anunciar que vai suspender, no mês de setembro, o funcionamento das piscinas municipais de Maceira e Caranguejeira e do programa Viver Activo, mais de 30 utentes deslocaram-se aos Paços do Concelho para falar com Gonçalo Lopes. O vereador acabou por não receber os utentes, alegando indisponibilidade, e agendou um encontro para os próximos dias.

“Queremos que o programa continue. Precisamos dele e não faz sentido acabar com uma coisa que é muito procurada”, explicou Adelaide Virgolino, uma das utentes do Viver Activo.

O Viver Activo envolve mais de 1.200 utentes e destina-se à melhoria das condições de vida da população com mais de 55 anos, bem como a integração social e a participação na vida social e cultural da comunidade.

Leia mais na edição de 7 de setembro de 2012.