Assinar
Sociedade

Falta de efetivos dificulta combate ao furto de cobre na Marinha Grande

Faltam efetivos nas forças policiais para o combate aos furtos de cobre no concelho da Marinha Grande, mas “as autoridades estão preocupadas e atentas”, afirma Álvaro Pereira, presidente da Câmara.

Faltam efetivos nas forças policiais para o combate aos furtos de cobre no concelho da Marinha Grande, mas “as autoridades estão preocupadas e atentas”, afirma Álvaro Pereira, presidente da Câmara da Marinha Grande.

Estádio da Marinha Grande foi um dos alvos do furto de cobre (fotografia: Joaquim Dâmaso)

O autarca reuniu recentemente com os responsáveis concelhio e distrital da PSP para discutir o problema dos furtos de metal, e deverá a voltar a fazê-lo no início do ano, adiantou Álvaro Pereira aos elementos do executivo municipal, na reunião de dia 7.

“Aqueles responsáveis estão preocupados com a situação do distrito e do concelho da Marinha Grande, em particular”, referiu, lamentando conta que não existam planos de reforço de efetivos no concelho.

Afinal, é da Marinha Grande que sai cerca de 40 por cento de todo o metal furtado no distrito, lembrou. “Notei muita preocupação e conhecimento profundo da realidade”, acrescentou ainda.

Esta reunião surgiu na depois de uma vaga de roubos de cobre e outros metais no concelho, não tendo sequer sido poupado o Estádio Municipal de onde foi furtado cobre de uma das torres de iluminação.

Álvaro Pereira explicou aos vereadores que não poderia dar muitos pormenores sobre os planos das forças de segurança para combater este fenómeno, para não comprometer esses esforços, adiantando contudo que recebeu o conselho para que futuras realizações no concelho sejam “bem pensadas”, numa alusão a cuidados que terão de ser tomados para não facilitar a ação dos autores de furtos.

(Notícia publicada na edição de 28 de dezembro de 2012)

Carlos S. Almeida
carlos.almeida@regiaodeleiria.pt

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.