Assinar Edições Digitais
Dança

Zumba: a "febre" que faz sorrir e que veio para ficar

“Sorriso na cara e vamos zumbar”. A afirmação serve de arranque para 60 minutos de boa disposição e muito ritmo. Zumba é uma mistura de fitness e dança que tem invadido os ginásios da região.

“Sorriso na cara e vamos zumbar”. A afirmação serve de arranque para 60 minutos de boa disposição e muito ritmo. Zumba é uma mistura de fitness e dança que tem invadido os ginásios da região.

Foto: Tz Santos

O objetivo principal não é perder peso, mas quem pratica queima 800 a 1.000 calorias por aula. “O Zumba é um programa de fitness que requer uma mistura de ritmos de dança com componentes intervaladas e intensas”, explica Rita Morais, instrutora de fitness há 10 anos e de Zumba há dois.

A modalidade chegou a Portugal em 2011, mas ganhou força nos últimos meses e poucos são os ginásios que deixam escapar a “febre”. A nível mundial, mais de 14 milhões de pessoas praticam Zumba em mais de 150 países. Não há números oficiais na região, mas para ter uma ideia, o número de instrutores registados aumentou de três, em 2011, para mais de meia centena, em 2013.

Outra das características do Zumba é a união e respeito entre profissionais, o que se traduz na organização de festas de Zumba um pouco por todo o lado: ginásios, discotecas e praias. Exemplo disso é a Mega Zumba Party que, domingo, dia 12, decorre no Pavilhão Municipal de Exposições da Marinha Grande, a partir das 17 horas. É esperada mais de uma centena de zumbers.

“O Zumba veio para ficar. Eu já sou uma zumbólica anónima e acredito que se passa o mesmo com a maior parte dos instrutores. Estamos agarrados”, realça Filipa Carvalho que, com três outros instrutores da região, organiza o evento para promover a modalidade.

Se estiver disposto a experimentar, basta um sorriso na cara e aceitar a “febre” de braços abertos, que o corpo vai atrás.

Leia o trabalho na íntegra na edição de 9 de maio de 2013, em papel ou aqui.

Marina Guerra
marina.guerra@regiaodeleiria.pt