Um antigo vigilante do Santuário de Fátima foi condenado a uma pena suspensa de quatro anos e a pagar quase 40 mil euros em indemnizações por ter vandalizado, roubado e perturbado as missas na instituição religiosa.

santuario-de-fatimaO homem de 43 anos, avança o Correio da Manhã, estaria revoltado com o salário que recebia.

O caso remonta a finais de 2009, quando o então vigilante roubou uma chave mestra para aceder a diversos locais do Santuário.

Desde inundações, roubo de equipamentos de som, missas interrompidas por falhas de energia e grafitis nas paredes do Santuário, o vigilante atuou sobretudo na Basílica da Santíssima Trindade e Calvário Húngaro.

O REGIÃO DE LEIRIA pediu uma reação do Santuário de Fátima sobre este caso, mas não obteve resposta até ao fecho desta edição.

(Notícia publicada na edição de 24 de outubro de 2013)