As linhas urbanas de transportes coletivos nº 4, 5, 6 e 7 vão sofrer alterações a partir de janeiro, com eliminação de alguns troços: na linha 4 entre Ponte da Pedra e Gândara dos Olivais, na linha 5 entre Azoia e Brogal, na linha 6 entre Barosa e Leiria, e na linha 7 entre Cortes e Leiria.

rodoviariaA medida, aprovada na última reunião de Câmara, integra o processo em curso de reestruturação do serviço de transporte coletivo do concelho, e visa, segundo a maioria, minimizar o défice registado pela Rodoviária do Tejo que estima prejuízos de 1.596,41 euros a cada 5 dias úteis nestas linhas.

A autarquia argumenta que os troços a eliminar situ­am-se fora do perímetro urbano e continuam a ser “servidos por interurbanas, com oferta de percursos e horários similar ou superior”.

A autarquia sublinha ainda que o tarifário a praticar pela alternativa interurbana manter-se-á igual ao do serviço urbano, sem penalização para o utente.

Os vereadores do PSD discordam contudo da fundamentação, lembrando, entre outros, que na linha 7 foram contabilizados cerca de 100 passageiros por dia, ao contrário das linhas 4, 5 e 6 em que a média é de 10.

(Notícia publicada na edição de 24 de dezembro de 2014)

MR

Aqui-perto_ourem_nazare-page-001