Assinar
Saúde

Jovens de Alcobaça lançam projeto solidário para apoiar crianças doentes

Lara, João e Mara são as primeiras causas do projeto “Portugal Mais e Melhor”, que nasceu em Alcobaça para ajudar famílias carenciadas a pagar tratamentos médicos.

João tem 6 anos e sofre de artrogripose (doença que o impede de andar, de se sentar e de comer). Mara, 8 anos, tem um tumor cerebral inoperável, que lhe roubou grande parte da visão. E à Lara, de apenas 5 anos, foi diagnosticada escoliose idiopática infantil progressiva, um desvio da coluna vertebral.

As três crianças são as primeiras causas do projeto “Portugal Mais e Melhor”, que nasceu em Alcobaça para ajudar famílias carenciadas a pagar tratamentos médicos.

Através da iniciativa – lançada em novembro de 2013 por Guilherme Maia – um grupo de voluntários procura angariar fundos para apoiar crianças desfavorecidas com problemas de saúde graves.

Além de fazer recolha direta de fundos – através do site www.portugalmaisemelhor.com –, os voluntários organizam eventos solidários e peditórios a favor das crianças.

O dinheiro angariado serve para pagar tratamentos e equipamentos de apoio, como cadeiras de rodas e camas especiais, por exemplo. As necessidades de cada criança estão apresentadas no site da associação, onde são, também, relatados, em detalhe (com texto, imagem e vídeo), a história e percurso clínico dos doentes.

João precisa de 9.600 euros para comprar uma cadeira rodas elétrica; Mara necessita de uma lupa tv que custa cerca de três mil euros; e à Lara fazem falta três mil euros para poder continuar a fazer tratamentos no estrangeiro.

Candidaturas online

Sem Títuloppmm“Somos um grupo de jovens que tenta transformar o nosso país num país melhor”, apresentam-se os voluntários, no site do projeto. O grupo fundador é composto por estudantes universitários, mas o “Portugal Mais e Melhor” aceita o apoio de todos aqueles que tiverem vontade de ajudar – basta preencher uma ficha de inscrição no site para entrar no projeto.

As famílias que procuram ajuda podem também candidatar-se ao “Portugal Mais e Melhor” através do site da campanha. A candidatura deve ser acompanhada de comprovativos médicos da doença e orçamentos para tratamentos ou materiais necessários às crianças. Os voluntários do projeto fazem uma análise detalhada de cada caso antes de iniciar a campanha de solidariedade.

Apesar de, para já, o projeto estar a apoiar apenas crianças da região – João é da Nazaré e Mara e Lara residem em Valado dos Frades, o projeto é de âmbito nacional e os voluntários estão disponíveis para apoiar crianças de qualquer ponto do país.

(Notícia publicada na edição de 3 de julho de 2014)

Inquérito de satisfação aos leitores

Com este inquérito, o REGIÃO DE LEIRIA tem por objetivo conhecer a opinião dos leitores e melhorar o serviço que presta. Para esse fim, pedimos 5 minutos do seu tempo para responder a um questionário.