Assinar
Cultura

Porto de Mós espera 100 mil pessoas nas Festas de São Pedro

As festas começam hoje, dia 29 de junho, dia em que se celebra o feriado municipal, e prolongam-se até 9 de julho.

Mais de 100 mil pessoas são esperadas em Porto de Mós por ocasião das festas anuais. A aposta na requalificação do recinto e na qualidade e diversidade das ementas e o cartaz musical garantem o sucesso do certame.

A “vila forte” que Camões referiu nos Lusíadas tem nome: Porto de Mós. Essas duas palavras da obra portuguesa estão também situadas na entrada da vila, deixando espaço à imaginação para quem não conhece a referência. É logo à entrada, também, que se encontra o recinto das Festas de São Pedro, realizadas pela primeira vez na década de 50, em homenagem ao padroeiro que lhes dá nome.

Foi já em 2001 que as Festas de São Pedro se consolidaram na sua atual localização: no recinto limítrofe à Central Termoelétrica. Efetivamente, aquela zona continua a ser o palco do certame, pese embora se tenham registado ajustes pontuais que se traduzem num aumento da área das festas que não param de crescer.

As festas começam hoje, dia 29 de junho, dia em que se celebra o feriado municipal, com o desfile das Marchas Populares.

11

As Festas de São Pedro decorrem de 29 de junho a 9 de julho, com 11 dias de entrada gratuita. São esperados anualmente, que procuram em Porto de Mós as mais variadas atividades culturais e lúdicas, com destaque para as tasquinhas, o cartaz musical e as Marchas Populares. Todos os anos, o recinto de festas atrai pessoas de todo o país, naquela que é a festa mais popular de Porto de Mós – onde nem os emigrantes naturais da vila faltam, regressando à terra para reencontrar familiares e amigos. Afinal, é lá que todos se reúnem, em jeito festivo e coloquial.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.