Select Page

Campeão nacional sofre acidente grave no Rallye Vidreiro

Foto: Pedro Santos (Doidos por rally)

O campeão nacional de ralis, Carlos Vieira, e o seu copiloto, Jorge Carvalho, despistaram-se hoje na primeira especial do Rallye Vidreiro, que se iniciou esta tarde na Marinha Grande.

Na primeira passagem pelo especial de São Pedro de Moel (8,64 km), que abriu a prova organizada pelo Clube Automóvel da Marinha Grande, o carro terá embatido num pinheiro.”Estavam cumpridos cerca de 3 dos 8,64 km da passagem por S. Pedro de Moel 1 quando o atual campeão nacional viu o seu carro derrapar e embater numa árvore, do lado do piloto”, explicou a organização.

Os pilotos foram de imediato transportados para o hospital de Santo André, em Leiria.

Fonte hospitalar revelou à Lusa que os pilotos deram entrada no hospital pelas 18h28, tendo Jorge Carvalho sido examinado, consciente e sem inspirar cuidados. Já a gravidade e a tipologia das lesões sofridas por Carlos Vieira, obrigaram à transferência do campeão nacional para o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC), segundo fonte do centro hospitalar de Leiria.

Segundo a fonte hospitalar, após a realização de vários exames, o piloto, que se “encontra em estado grave”, foi estabilizado no hospital de Santo André, em Leiria, e foi encaminhado para o CHUC, acompanhado de um cirurgião.

Carlos Vieira é o atual campeão nacional de ralis e tenta revalidar o título ao volante de um Hyundai i20 R5. Após quatro provas do Nacional, o piloto natural de Fafe ocupa o quarto lugar do campeonato de pilotos, com 42,1 pontos, menos 23,2 do que o seu companheiro de equipa Armindo Araújo.

O líder do campeonato nacional, Armindo Araújo (Hyundai i20), terminou no primeiro lugar o primeiro dia do Rali Vidreiro, na Marinha Grande.

A prova, primeira do ano em asfalto, foi interrompida e a classificativa anulada para que fosse prestada assistência ao piloto, e ao seu navegador, Jorge Carvalho.

Armindo Araújo, à procura do terceiro triunfo consecutivo, depois das vitórias em Mortágua e no setor do Nacional do Rali de Portugal, foi o mais rápido em São Pedro de Moel e chegou à superespecial noturna, na Marinha Grande, com 3,4 segundos de vantagem para Miguel Barbosa (Skoda Fabia).

O ex-campeão nacional de todo-o-terreno foi o mais rápido nos 1,5 km da classificativa e recuperou 2,1 segundos para o líder.

Para o segundo dia, Armindo Araújo parte com 1,3 segundos de vantagem sobre Miguel Barbosa, enquanto Pedro Meireles (Skoda Fabia) segue no terceiro lugar, a 4,9.

Segue-se o algarvio Ricardo Teodósio (Skoda Fabia), a 6,5, e Adruzilo Lopes (Porsche 997), em quinto, a 16,2.

O Rali Vidreiro prossegue e termina no sábado, com sete especiais de classificação, com três passagens por Pinhal do Rei (12,98 km), e duplas passagens por Mata Mourisca (15,37 km) e Assanha da Paz (10,87).

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Siga-nos

Primeira Página

Publicidade

Publicidade

Pergunta da semana

A carregar

Defende a criação de Tribunais para julgar casos de violência doméstica?

Obrigado pelo seu voto!
Já votou nesta pergunta!
Selecione uma das opções!

Região de Leiria no Facebook

Subscrição de newsletter

Share This