Select Page

Campeão nacional sofre acidente grave no Rallye Vidreiro

Foto: Pedro Santos (Doidos por rally)

O campeão nacional de ralis, Carlos Vieira, e o seu copiloto, Jorge Carvalho, despistaram-se hoje na primeira especial do Rallye Vidreiro, que se iniciou esta tarde na Marinha Grande.

Na primeira passagem pelo especial de São Pedro de Moel (8,64 km), que abriu a prova organizada pelo Clube Automóvel da Marinha Grande, o carro terá embatido num pinheiro.”Estavam cumpridos cerca de 3 dos 8,64 km da passagem por S. Pedro de Moel 1 quando o atual campeão nacional viu o seu carro derrapar e embater numa árvore, do lado do piloto”, explicou a organização.

Os pilotos foram de imediato transportados para o hospital de Santo André, em Leiria.

Fonte hospitalar revelou à Lusa que os pilotos deram entrada no hospital pelas 18h28, tendo Jorge Carvalho sido examinado, consciente e sem inspirar cuidados. Já a gravidade e a tipologia das lesões sofridas por Carlos Vieira, obrigaram à transferência do campeão nacional para o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC), segundo fonte do centro hospitalar de Leiria.

Segundo a fonte hospitalar, após a realização de vários exames, o piloto, que se “encontra em estado grave”, foi estabilizado no hospital de Santo André, em Leiria, e foi encaminhado para o CHUC, acompanhado de um cirurgião.

Carlos Vieira é o atual campeão nacional de ralis e tenta revalidar o título ao volante de um Hyundai i20 R5. Após quatro provas do Nacional, o piloto natural de Fafe ocupa o quarto lugar do campeonato de pilotos, com 42,1 pontos, menos 23,2 do que o seu companheiro de equipa Armindo Araújo.

O líder do campeonato nacional, Armindo Araújo (Hyundai i20), terminou no primeiro lugar o primeiro dia do Rali Vidreiro, na Marinha Grande.

A prova, primeira do ano em asfalto, foi interrompida e a classificativa anulada para que fosse prestada assistência ao piloto, e ao seu navegador, Jorge Carvalho.

Armindo Araújo, à procura do terceiro triunfo consecutivo, depois das vitórias em Mortágua e no setor do Nacional do Rali de Portugal, foi o mais rápido em São Pedro de Moel e chegou à superespecial noturna, na Marinha Grande, com 3,4 segundos de vantagem para Miguel Barbosa (Skoda Fabia).

O ex-campeão nacional de todo-o-terreno foi o mais rápido nos 1,5 km da classificativa e recuperou 2,1 segundos para o líder.

Para o segundo dia, Armindo Araújo parte com 1,3 segundos de vantagem sobre Miguel Barbosa, enquanto Pedro Meireles (Skoda Fabia) segue no terceiro lugar, a 4,9.

Segue-se o algarvio Ricardo Teodósio (Skoda Fabia), a 6,5, e Adruzilo Lopes (Porsche 997), em quinto, a 16,2.

O Rali Vidreiro prossegue e termina no sábado, com sete especiais de classificação, com três passagens por Pinhal do Rei (12,98 km), e duplas passagens por Mata Mourisca (15,37 km) e Assanha da Paz (10,87).

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Siga-nos

Primeira Página

Publicidade

Publicidade

Pergunta da semana

A carregar

Concorda com a lei que proíbe o abate de animais nos canis municipais?

Obrigado pelo seu voto!
Já votou nesta pergunta!
Selecione uma das opções!

Região de Leiria no Facebook

Subscrição de newsletter

Share This