Select Page

Mosteiro do Leitão atravessa EN1 e investe três milhões

Mosteiro do Leitão atravessa EN1 e investe três milhões
O restaurante Mosteiro do Leitão reabre esta sexta-feira, 12 de abril, em frente às suas antigas instalações, num edifício que foi de uma serração e recebeu um investimento de três milhões de euros para reforçar o posicionamento do estabelecimento na mercado da restauração.

O Mundo do Peixe e o Claustro constituem dois novos conceitos do restaurante, que complementam a marca-mãe do projeto, nascido há uma década no Casal da Amieira, Batalha, propriedade do casal Zita Freire e Bruno Figueiredo.

“O espaço dedicado ao peixe (apenas de mar) é uma resposta à procura dos clientes, o Claustro serve hambúrgueres, petiscos, carpaccios e outros tipos de cozinha, e está aberto todo dia, e o Mosteiro do Leitão mantém o serviço conhecido”, explica Zita Freire.

Esta nova etapa na vida do restaurante permitiu aumentar de 14 para 36 o número de colaboradores e reforçar as medidas inclusivas e de sustentabilidade.

“Os nossos colaboradores receberam formação na área do turismo inclusivo, para saberem lidar, por exemplo, com uma criança com autismo e temos ementas em Braille, porque queremos que o Mosteiro do Leitão seja efetivamente um espaço para todos”, refere a proprietária.

Na área da sustentabilidade ambiental, implementou medidas para reduzir a utilização de sacos do lixo, aplicou torneiras inovadoras, que permitem poupar água e papel para secar as mãos, reforçou a reciclagem e também houve cuidados semelhantes na escolha de materiais usados na construção.

O Mosteiro do Leitão servia nas antigas instalações entre “600 a 700 refeições ao domingo e de 300 a 400 ao sábado”, resultado que espera aumentar. O Mundo do Peixe tem capacidade para 70 pessoas, o Claustro e esplanada podem receber 140 e o espaço da marca-mãe pode acolher 500 pessoas em simultâneo.

O restaurante mantém a sua vocação centrada no serviço de almoços e jantares (incluindo de grupos) e não servirá diárias, nem incidirá a sua ação em festas como casamentos.

1 Comentário

  1. Filipe

    Estou um pouco corioso em saber onde se vai estacionar os carros na altura da feira principalmente treças e sabados….

    Responder

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Primeira Página

Publicidade

Publicidade

Pergunta da Semana

A carregar

Concorda com a classificação do património do cemitério de Leiria?

Obrigado pelo seu voto!
Já votou nesta pergunta!
Selecione uma das opções!

Newsletter Região de Leiria

app repórter no mundo

Share This