Select Page

Museu de Leiria recebe Prémio Projeto Internacional por conferência e exposição sobre Lapedo

O Museu de Leiria recebeu  da Associação Portuguesa de Museologia (APOM) o Prémio Projeto Internacional pelo trabalho desenvolvido – em parceria com o Laboratório de Arqueociências da Direção Geral do Património Cultural – na conferência internacional “O Menino do Lapedo. 20 anos depois” e para a exposição na Croácia comemorativa dos 20 anos dessa descoberta arqueológica. Atualmente a exposição está patente em Zadar
Fotos: Fernando Rodrigues e Museu de Leiria

A exposição “Nós e os outros” conta a história de um período de ouro da cultura de Leiria, através do percurso e obra de Narciso Costa, António Varela,  Luís Fernandes e Lino António. Recebeu uma menção honrosa da APOM na categoria “Prémio Trabalho de Museologia”. Continua patente no mimo – Museu da Imagem em Movimento
Foto: Fernando Rodrigues

A organização da Conferência Internacional “O Menino do Lapedo. 20 anos depois” e a exposição na Croácia, comemorativa dessa descoberta, valeram ao Museu de Leiria o Prémio “Projeto Internacional”, entregue em Leiria sexta-feira, 24 de maio, na gala da Associação Portuguesa de Museologia (APOM).

Num Teatro Miguel Franco repleto de responsáveis de museus de todo o país, também o mimo – Museu da Imagem em Movimento foi distinguido com uma menção honrosa pelo trabalho de museologia para a exposição “Nós e os outros”

O vereador da Cultura da Câmara Municipal de Leiria, Gonçalo Lopes, destacou o trabalho desenvolvido nos museus, onde as equipas assumem “a criatividade como o principal recurso ao seu dispor”.

O autarca destacou ainda a rede de espaços museológicos de “grande qualidade” que existe em todo o país, graças “a uma geração de autarcas e líderes associativos que descobriu a importância e o potencial destes espaços para o desenvolvimento dos territórios, seja pelo papel que representam ao nível do reforço do sentimento de pertença à comunidade, pelo papel pedagógico e cultural, mas também pelo impacto na promoção económica e turística”.

“A grande vitória é ver os nossos museus cheios de vida e a receberem cada vez mais visitantes”, disse o vereador.

A APOM atribui os prémios anualmente, desde 1997, a museus, projetos, boas práticas, profissionais e diversas atividades desenvolvidas no setor. Este ano a associação recebeu cerca de 200 candidaturas de instituições de Portugal continental e das regiões autónomas, bem como de projetos de expositivos portugueses no estrangeiro, tendo sido distinguidas 89 entidades.

O Prémio Museu do Ano foi entregue ao Museu da Fundação Bienal de Arte de Cerveira, que terá, em junho, uma exposição patente no Mosteiro da Batalha, com inauguração marcada para dia 28, no âmbito do festival Artes à Vila.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Primeira Página

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Pergunta da Semana

A carregar

Concorda com o fim das taxas moderadoras na Saúde?

Obrigado pelo seu voto!
Já votou nesta pergunta!
Selecione uma das opções!

Newsletter Região de Leiria

app repórter no mundo

Share This