Já a funcionar no centro histórico de Leiria, o restaurante alinha ingredientes biológicos e bem-estar numa ementa que convida do pequeno-almoço ao lanche da tarde

Somos o que comemos, mas também o que sentimos, pensamos e praticamos no espaço em que vivemos. Foi para juntar todas essas premissas num mesmo saco e alargar o conceito macrobiótico que o Kukicha nasceu a 15 de dezembro no centro histórico de Leiria – mais precisamente no Largo Paio Guterres, conhecido como Gato Preto. “Não é só dieta. É muito mais do que isso, é saúde”, sublinha Vânia Fonseca, uma das criadoras do projeto de restauração que teve 12 meses de gestação.

Foi em dezembro de 2018, durante uma viagem para São Tome e Príncipe com o amigo Ivan Braz que surgiu o convite de transformar em negócio o estilo de vida que a futura sócia já praticava. “Já não como carne há cerca de três anos e já não tomo comprimidos há cerca de dois”, relata Vânia sobre o hábito que surgiu após um workshop que lhe permitiu aprofundar nos preceitos da alimentação respeitosa à natureza e à base, sobretudo, de cereais integrais, legumes e vegetais.

No espaço de decoração leve e aconchegante, a empresária e gerente reproduz as receitas que aprendeu ao longo da jornada por sabores vegan e biológicos, em especial no curso de culinária macrobiótica que concluiu este ano. Tostas, quiches, pães de fermentação natural, bolachas e granolas caseiras fazem, portanto, companhia ao menu de almoço (9,50€) que, a cada dia, sofre alteração. Na primeira semana de funcionamento foram servidos o assado de tempeh e o estufado de feijão azuki, mas a cartela de criações vem com diversas outras apostas por parte da cozinha: feijoada, lasanha de tofu fumado, arroz de seitan, caril de grão… “É que são todos tão bons”, confessa Vânia, admitindo a dificuldade em escolher apenas um prato para destaque.

Fica o aviso que a regra de frescura ali é rigorosamente respeitada. Isso porque, acreditam, a natureza é capaz de proporcionar exatamente o que é preciso para o corpo, ao longo de cada estação. Então nada de figo no inverno ou laranja no verão. “E tudo o que seja de Portugal”, completa a gerente sobre as escolhas que recheiam a montra e as panelas do Kukicha, desde o pequeno-almoço até o jantar, este último apenas para take away.

Kukicha

938 844 002
Largo Paio Guterres , nº 9, Leiria
Funcionamento: De segunda a sábado, das 8h30 às 19h30. Em dezembro abre também aos domingos.
Preço médio: 10 euros
Reserva para grupos: Até 16 pessoas

 

Jessica Germano
Jornalista
jessica.m.germano@regiaodeleiria.pt

Fotos: Sérgio Claro