Pessoas que estão sob vigilância, em casa, são acompanhadas diariamente por elementos da Unidade de Saúde Pública. Foto: Joaquim Dâmaso

Num dia em que o país entrou em fase de mitigação, o número de casos positivos para o novo coronavírus começa a aumentar na região. Às 12 horas de hoje, quinta-feira, o REGIÃO DE LEIRIA conseguiu apurar a existência de 42 casos na região (distrito de Leiria e concelho de Ourém).

Pombal é o concelho onde se regista o maior número, 12, dois dos quais detetados post mortem (após a morte).

O Município de Pombal “apela aos pombalenses que regressem do estrangeiro que informem as autoridades e que cumpram o isolamento social de 14 dias”, bem como as orientações da Direção-Geral de Saúde.

“De forma a garantir que os períodos de quarentena, quer de infetados, quer de pessoas em vigilância ativa, são devidamente cumpridos, o Município de Pombal reforça a importância de ser disponibilizada às autoridades e autarquias uma lista das pessoas que se encontrem nessas situações”, refere nota da Câmara de Pombal, que irá instalar um centro de recolha e análises, que funcionará em sistema drive-thru, na Expocentro, destinado aos cidadãos dos concelhos de Pombal, Ansião, Alvaiázere, Figueiró dos Vinhos, Pedrógão Grande e Castanheira de Pera, mediante prescrição das autoridades de saúde.

Leiria, que teve os primeiros casos positivos no dia 21 de março, já confirmou sete pessoas com Covid-19, segundo o relatório da DGS.

A Câmara de Leiria ativou o Plano Municipal de Emergência de Proteção Civil de Leiria, “que se manterá em vigor, pelo menos, enquanto estiver declarado o estado de emergência nacional”, e no concelho existem 61 pessoas em vigilância ativa.

Alvaiázere surge hoje, pela primeira vez, na lista de concelhos com casos confirmados, com três pessoas, tal como Pedrógão Grande que divulgou, em comunicado, o primeiro caso, “de uma jovem de nacionalidade suíça”.

“Reforça-se a urgência e necessidade imperativa de que todos cumpram o isolamento social e profilático, tempos de quarentena, regras de higiene e desinfeção pessoal, dos espaços e objetos. É fundamental que ninguém desrespeite estas regras fundamentais para a vida de todos nós”, recomenda a autarquia.

No concelho do Bombarral foi registado o segundo caso confirmado. Trata-se de uma mulher, residente na União de Freguesias de Bombarral e Vale Covo, que no “decorrer da sua atividade profissional desenvolvida fora do concelho, após contacto com outro caso”, foi submetida ao teste, tendo o resultado dado positivo.

Os restantes casos sinalizados estão identificados nos concelhos de Marinha Grande (6), Caldas da Rainha (6) Ourém (3, com 42 pessoas sob vigilância), Peniche (2), e Alcobaça (1).

(em atualização)