Já há 3.544 pessoas com teste positivo para o novo coronavírus em Portugal, mais 559 do que ontem, quarta-feira, numa altura em que se entrou na fase de mitigação. O número de doentes internados esté nas 191 pessoas a serem acompanhadas em hospitais, 61 das quais em unidades de cuidados intensivos.

O número de óbitos voltou a aumentar, de 43 para 60 casos, ou seja mais 17 pessoas morreram em Portugal, face ao dia de ontem, por complicações decorrentes de infeção pelo novo coronavírus.

A zona norte do país é a mais atingida com 28 casos, seguida de Lisboa e Vale do tejo com 18 óbitos e da região Centro com 13 mortes. Há uma morte registada na zona do Algarve.

Dos 3.554, há 435 casos positivos de Covid-19 na região Centro, 1.858 na região Norte, a mais afetada, 1.082 na zona de Lisboa e Vale do Tejo, 89 no Algarve, 20 no Alentejo, 24 nos Açores e 15 na Madeira. A DGS indica ainda 14 situações de cidadãos estrangeiros infetados.

O boletim divulgado hoje pela Direção-Geral da Saúde (DGS), pelas 12h05, revela ainda que 43 pessoas já recuperaram.

Foram sinalizados até à data 22.257 casos suspeitos e em 16.568 dos casos, o resultado revelou-se negativo. Estão a aguardar resultado laboratorial 2.145 pessoas.

Da região, Pombal é o concelho que apresenta mais casos confirmados (12), seguido de Leiria com sete e Marinha Grande com seis casos. Alvaiázere e Ourém apresentam, segundo o relatório da DGS, três casos cada.

A DGS reporta que as autoridades têm sob vigilância 14.994 pessoas que terão estado em contacto com doentes infetados.