O Centro Hospitalar do Oeste (CHO) voltou hoje a restringir as visitas nas três unidades hospitalares para reforçar a segurança de visitantes e profissionais face à pandemia de Covid-19, informou a instituição.

Num comunicado emitido hoje, o conselho de administração do CHO informa ter restringido “o horário das visitas aos doentes internados” no âmbito da infeção pelo novo coronavírus, estabelecendo novas normas para as visitas nas três unidades hospitalares: Caldas da Rainha, Torres Vedras e Peniche.

As visitas ficam restringidas a uma por doente, com diferentes horários para cada unidade e alguns serviços.

O Hospital das Caldas da Rainha é aquele em que os horários são mais diferenciados, sendo na Ginecologia das 15 às 16 horas, na Medicina das 16 às 17 horas e na Cirurgia das 18 às 19 horas.

Na Pediatria é permitido um acompanhante durante 24 horas.

No Bloco de Partos a grávida mantém o direito ao acompanhamento pelo pai do bebé e na Unidade de Cuidados Especiais Neonatais mantém-se o acompanhamento pelos pais.

O Internamento de Obstetrícia mantém também o acompanhamento pelo pai das 9 às 20 horas, mas as restantes visitas não são permitidas.

Na unidade de Torres Vedras as visitas decorrem das 17 às 18 horas, sendo a entrada para o serviço de Pneumologia, Medicina A e Ortopedia 1 feita pela entrada principal do hospital. Já para a Ortopedia 2, Cirurgia A e B e Medicina B a entrada é feita pela Consulta Externa.

No Hospital de Peniche as visitas decorrem entre as 18h30 e as 19h30.

No comunicado a administração do CHO esclarece ainda que pessoas com “febre, tosse, expetoração, falta de ar, cansaço, e que tenham regressado do estrangeiro ou contactado com doentes com queixas respiratórias não podem realizar a visita”.

Nas salas de espera da Consulta Externa e dos MCDT – Meios Complementares de Diagnóstico e Terapêutica só é permitida a permanência dos utentes que estão a aguardar consulta ou exame, sendo a presença de acompanhantes permitida apenas no caso de doentes dependentes.

O CHO relembra ainda que na presença de sintomas de infeção as pessoas não deverão recorrer às urgências hospitalares, mas contactar a linha SNS 24: 808242424.

O Centro Hospitalar do Oeste integra os hospitais de Caldas da Rainha, Torres Vedras e Peniche, tendo uma área de influência constituída pelas populações dos concelhos de Caldas da Rainha, Óbidos, Peniche, Bombarral, Torres Vedras, Cadaval e Lourinhã e de parte dos concelhos de Alcobaça e de Mafra.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou na quarta-feira a doença Covid-19 como pandemia. A OMS justifica a declaração de pandemia com “níveis alarmantes de propagação e de inação”.

O número de casos confirmados de infeção pelo novo coronavírus, que causa a doença Covid-19,  para 78 em Portugal, mais 19 do que os contabilizados na quarta-feira, anunciou hoje a Direção-Geral da Saúde (DGS).

De acordo com o boletim sobre a situação epidemiológica em Portugal, há 637 casos suspeitos, dos quais 133 aguardam resultado laboratorial.

Segundo a DGS, há ainda 4.923 contactos em vigilância pelas autoridades de saúde.