A empresa japonesa Nemoto ofereceu mil máscaras de proteção individual ao município de Pombal, no distrito de Leiria, como forma de contribuir para o combate à pandemia da covid-19, anunciou hoje a autarquia.

Com sede em Pombal desde 1989, a empresa dedica-se à produção e vendas de pigmentos inorgânicos fluorescentes e fosforescentes e, segundo o diretor-geral da Nemoto, citado pela assessoria de imprensa da Câmara de Pombal, a oferta do equipamento insere-se “na política de responsabilidade social para com o concelho e com a comunidade”.

Para Augusto Yamaguchi, a empresa está “atenta à evolução da situação” e disponibiliza-se para apoiar o município, “nomeadamente através da sua rede de contactos no Japão”.

As máscaras oferecidas destinam-se à proteção dos profissionais que estão na linha da frente de mitigação da pandemia.

“São um bem essencial para proteger todos aqueles que diariamente mantêm em funcionamento os serviços essenciais para a população, nas IPSS, nos serviços municipais, nas forças de segurança, nos bombeiros, nos serviços de saúde, entre outros”, afirma o presidente da Câmara de Pombal, Diogo Mateus.

Em Portugal, segundo o balanço feito na segunda-feira pela Direção-Geral da Saúde, registaram-se 311 mortes, mais 16 do que na véspera (+5,4%), e 11.730 casos de infeções confirmadas, o que representa um aumento de 452 em relação a domingo (+4%).

Dos infetados, 1.099 estão internados, 270 dos quais em unidades de cuidados intensivos, e há 140 doentes que já recuperaram.