Com o fim do estado da emergência à meia-noite do próximo sábado, as autarquias – câmaras e juntas de freguesia – estão a preparar a retoma gradual dos seus serviços. Os cemitérios são dos primeiros espaços a reabrir portas ao público, já a partir do próximo domingo.

Em Alcobaça, o cemitério municipal irá abrir entre as 9 e as 13 horas e entre as 14 e as 18 horas. O acesso ao interior passa a ser efetuado pelo portão principal, na rua Afonso Albuquerque, enquanto a saída far-se-á pelo portão lateral junto à casa mortuária.

A UF de Alcobaça e Vestiaria, que também anunciou hoje a reabertura do cemitério no domingo, reforça as recomendações para que as pessoas respeitem um afastamento de pelo menos dois metros, utilizem máscara social e lavem as mãos antes de entrarem e depois de saírem. O executivo adianta ainda que o espaço será desinfetado todas as semanas pelos serviços da Junta. Na Benedita, o cemitério reabre no domingo entre as 8 e as 19 horas.

Também o Município de Porto de Mós anunciou para este domingo a reabertura dos cemitérios mas com várias restrições. Além de impor uso obrigatório de máscaras e um afastamento de dois metros entre pessoas, adianta terem sido retirados baldes, regadores e pontos de água, de modo a evitar potenciais focos de contaminação. As casas de banho ficarão fechadas e o tempo de permanência nos cemitérios está limitado a um máximo de 30 minutos. Em caso de incumprimento, estes espaços voltarão a ser encerrados, adverte.

Em Ourém, o Cemitério Municipal reabre também no domingo com várias condicionantes. O acesso será reduzido a uma ocupação máxima de 10% e limitado a duas pessoas junto a cada campa. Também não haverá baldes nem regadores, sendo ainda recomendado o cumprimento das recomendações gerais no que toca à proteção individual.

A Câmara da Batalha também anunciou a reabertura de vários serviços municipais, entre os quais os cemitérios, estes no domingo, embora com novas regras e uso obrigatório de máscaras de proteção. O Dia da Mãe será assinalado com a distribuição de flores, divulgou entretanto o município.

Em Peniche, o cemitério será para já reaberto excecionalmente no fim de semana, dias 2 e 3 de maio, dada a comemoração do Dia da Mãe. No edital publicado esta semana, o presidente da Câmara frisa o dever de cumprimento das regras de segurança com vista à prevenção do risco contágio.

Já o cemitério da União de Freguesias (UF) de Nª Sª do Pópulo, Coto e São Gregório (Caldas da Rainha) irá manter-se fechado, tendo a Junta procedido nas últimas semanas, a exemplo da maioria das suas congéneres, à remoção das flores murchas e à limpeza das campas e espaço público. Mas para assinalar o Dia da Mãe, no próximo domingo, a Junta fez saber, na sua página do Facebook, que irá colocar uma flor em cada campa.

No concelho de Leiria, a Junta de Freguesia do Arrabal divulgou ontem a reabertura do cemitério a partir de domingo, voltando a assumir o horário de funcionamento habitual. No edital partilhado na sua página do Facebook, apela-se ao cumprimentos das regras de proteção individual, com uso de máscaras, luvas e distanciamento adequado.

A UF de Marrazes e Barosa deu entretanto também conta da abertura dos cemitérios a partir de domingo, mediante as devidas condições de segurança. Na UF de Souto da Carpalhosa e Ortigosa, o acesso aos cemitérios ficará limitada a 10 pessoas em simultâneo, informou o executivo num aviso à população.

A Junta de Freguesia da Bajouca remeteu por sua vez a abertura do cemitério para o início da semana e anunciou ter colocado uma flor em cada sepultura para assinalar o Dia da Mãe.

(Notícia atualizada dia 3 de maio com informação de algumas juntas de freguesia)