A Comunidade Intermunicipal do Oeste (OesteCim) adquiriu cerca de 40 mil máscaras e vários milhares de outros equipamentos de proteção individual, material que as autarquias estão a distribuir pelas entidades de saúde dos respetivos concelhos.

A OesteCim, que centraliza “as compras para os 12 municípios da região”, informou esta quarta-feira que, além das 40 mil máscaras, já adquiriu meio milhão de pares de luvas, 40 mil litros de hipoclorito de sódio, duas mil batas, 1.605 fatos, 500 óculos e cerca de três mil unidades de álcool gel/desinfetante”.

Este material médico e de proteção para combate ao coronavírus “está a ser distribuído de forma faseada, de acordo com as necessidades dos municípios e a disponibilidade de mercado”, refere, em comunicado.

A OesteCim está ainda a publicar diariamente um boletim referente à situação epidemiológica na região Oeste, onde até às 19 horas de terça-feira se registaram 41 casos confirmados de infeção por coronavírus.

A OesteCim é composta pelos concelhos de Alcobaça, Bombarral, Caldas da Rainha, Nazaré, Óbidos, Peniche, do distrito de Leiria, e por Alenquer, Arruda dos Vinhos, Cadaval, Lourinhã, Sobral de Monte Agraço e Torres Vedras, do distrito de Lisboa.

Torres Vedras, com 15 casos, é até agora o município com mais casos, seguido das Caldas da Rainha, com 10, e de Alcobaça, com cinco.

Dos 12 concelhos há ainda quatro (Arruda dos Vinhos, Cadaval, Nazaré e Sobral de Monte Agraço) onde ainda não existe nenhum caso confirmado.